domingo, 15 de julho de 2012

"Mossoró Feliz" atrai multidão em passeata e visita assentamento Hipólito

(Assessoria de Imprensa/Larissa 40) Os bairros Belo Horizonte, Carnaubal e Alto da Conceição reviveram, ontem à noite (14), as típicas e emocionantes passeatas  do passado: multidão fazendo festa e marchando com os candidatos à Prefeitura, cantando e aplaudindo Larissa e professor Josivan.
Denominada "Marcha da Felicidade", a passeata saiu das ruas Vicente Martins com Cristiano Morais, no Belo Horizonte, seguiu pelo Carnaubal até o Alto da Conceição, onde encerrou com comício no cruzamento das ruas Joaquim Nabuco com Romualdo Galvão.
À medida que a marcha avançava, mais pessoas seguiam Larissa e Josivan; os moradores saíam às calçadas, abriam portas, janelas, aglomeravam-se nas esquinas, exibindo fotografias, a mão em “L”, cantando, sorrindo, numa alegria contagiante e arrebatadora.

Multidão surpreende candidatos 

A passeata parecia mais reta final de campanha, e não início, tamanha a festa nas ruas e o entusiasmo do povo, envolvendo crianças, idosos, jovens e adultos; bandeiras coloriam o cortejo e músicas tornavam o ambiente ainda mais divertido e alegre.
 “Nunca vi um início de campanha tão forte e feliz com esse de Larissa”, disse o presidente da Câmara Municipal, Francisco José Júnior (PSD). “É tanta emoção e alegria que surpreende até a gente”, revelou o ex-vereador e candidato Paulo Fernandes (PTB).
No discurso que encerrou a mobilização da noite, Larissa, ao lado do professor Josivan (vice) e candidatos a vereador, agradeceu ao povo pela participação e reafirmou: “Mossoró merece muito mais do que foi dado até agora. Vamos mudar essa realidade, para cuidar melhor das pessoas”.



Candidatos repudiam descaso com Rio Mossoró e com assentamento Hipólito

A coligação Mossoró Feliz, que apoia Larissa e professor Josivan, iniciou o domingo às margens do Rio Mossoró, na Barragem de Baixo (Barrocas), denunciando o descaso com a degradação e reiterando compromisso de salvar o principal manancial do município.
Depois, os candidatos seguiram para o assentamento Hipólito, onde visitaram cerca de 170 casas nas agrovilas I e II, e ficaram impressionados com a insatisfação dos assentados, que reclamam do desprezo da Prefeitura e da falta de serviços essenciais.
“Aqui só tem médico de 15 e 15 dias, e olhe lá, não tem posto policial nem posto de saúde; quando chove, a lama toma de conta de tudo, a poeira é essa aí na época de seca, a água é racionada”, lamenta a agricultora Maria Auxiliadora Resende Silva.
Professor Josivan garantiu que, com Larissa na Prefeitura, a gestão também se preocupará com as pessoas da zona rural. “Queremos a oportunidade para fazer o que tanto prometeram e não fizeram em 16 anos na Prefeitura”, disse o candidato a vice-prefeito.




Nenhum comentário: