quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Alto de São Manoel reafirma certeza da vitória

(A) Em caminhada na tarde/noite desta quarta-feira no Bairro Alto de São Manoel, Larissa e professor Josivan foram recebidos com festa pelos moradores. Em cada casa, a recepção calorosa e a confiança na vitória. “Larissa, essa é sua, e ninguém toma”, vaticinou a vendedora autônoma Maria Aparecida Pimenta, 32, moradora da Rua Dr. Pedro Ciarlini.

 
Esse sentimento esteve presente durante toda a caminhada. Os moradores esperavam Larissa e Josivan nas calçadas, famílias inteiras aguardando a visita, recebendo com sorriso, abraço, aperto de mão, a palavra de apoio e a certeza que essa é a vez de Larissa.O clima de vitória era expresso no apoio espontâneo das famílias, pregando cartazes nas portas e janelas, o boton no peito, agitando a foto de Larissa e mostrando o orgulho de ser 40, de fazer parte do bloco da mudança, da paz e da felicidade.

Nas visitas, Larissa reafirmava que a prioridade será o cuidado com as pessoas, a atenção com as famílias, mudando o que o povo julgar necessário e mantendo o que a população aprovar. “Faremos um governo diferente, ouvindo toda a comunidade”, assegurou. A caminhada arregimentava pessoas à medida que avançava e virou passeata, o povo seguindo o carro-palanque com Larissa, professor Josivan e candidatos a vereador, percorrendo várias ruas e arrastando o povão em festa.
Ibope: aumenta aprovação do Governo Dilma
 
A aprovação pessoal da presidente Dilma se manteve em 77%. O índice dos que consideram o governo "regular" passou de 32% para 29%. O percentual dos que classificam o governo como "ruim" ou "péssimo" foi de 8% para 7. Dos entrevistados, 1% não soube responder sobre a gestão. Entre os jovens de 25 a 29 anos, a avaliação positiva do governo Dilma subiu 13 pontos percentuais. A região do país que registrou maior crescimento na avaliação positiva foi o Sul, com alta de nove pontos percentuais. 

O Nordeste, no entanto, continua sendo a região com o maior índice dos que aprovam o governo: 68%.Ainda segundo o Ibope, 18% dos eleitores desaprovam a maneira de Dilma de governar e 4% não souberam responder. Na pesquisa anterior, o percentual de desaprovação também era de 18%. A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Entre 17 e 21 de setembro, o Ibope ouviu 2.002 eleitores com 16 anos ou mais em 143 municípios.
O percentual de eleitores que dizem confiar na presidente Dilma passou de 72% para 73%, dentro da margem de erro. Na primeira pesquisa realizada no governo Dilma, em março de 2011, o índice era de 74%. A aprovação do governo Dilma Rousseff passou de 59% em junho para 62% dos entrevistados, que consideram o governo "bom" ou "ótimo", de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quarta-feira (26).  É o melhor percentual de avaliação do governo registrado desde o início do governo Dilma pelo Ibope. (Assessoria de Comunicação Mossoró Feliz e www.g1.com.br).


Nenhum comentário: