quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Caminhadas Mossoró Feliz movimentam Ouro Negro e Três Vinténs

(A) Em caminhada na tarde/noite de ontem (19), no Bairro Ouro Negro, Larissa e Josivan testemunharam, mais uma vez, a indignação dos moradores com o descaso da Prefeitura. E o maior exemplo dessa falta de consideração é a área de lazer, até hoje promessa não cumprida, há 16 anos. O espaço reservado à praça continua terreno baldio, na Rua José Toscano de Lima. “Toda eleição, é assim. Eles vêm aqui, prometem e nada. Passa a campanha e só aparecem depois de quatro anos”, lamenta o mecânico Diassis Medeiros Nunes, 37.
 
No comício após a caminhada, em frente ao terreno, Larissa lastimou a falta de compromisso da Prefeitura com o bairro, citando como exemplo o veto da prefeita à emenda que asseguraria verba para a área de lazer na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO/2013). “Mas, quero aqui assumir um compromisso público com todos vocês: a primeira área de lazer que vou construir como prefeita, vai ser a do bairro Ouro Negro”, assegurou Larissa, acrescentando que os moradores não merecem mais esperar e cansaram de ser enganados.
 
E esse sentimento de desilusão com o DEM ajuda na grande aceitação da chapa Larissa/Josivan no bairro Ouro Negro, verificado durante a caminhada, em cada cinco casas, quatro são Larissa. Esse é o cenário, por exemplo, da Rua Januário Pereira Pimentel. “O Ouro Negro não merece uma creche que é assaltada, a Prefeitura sem assegurar segurança aos servidores, os pais tendo que comprar a merenda, as crianças tomando água sem ser filtrada. Vamos dar um basta nessa situação!”, garantiu Larissa.
Após a caminhada no bairro Ouro Negro, Larissa e professor Josivan visitaram o Bairro Três Vinténs, numa caminhada que virou passeata, as pessoas seguindo em festa os candidatos, os moradores saindo às calçadas e reafirmando que o bairro também é 40. A movimentação, na verdade, foi um protesto contra a falta de infraestrutura no Três Vinténs, cuja grande parte não tem calçamento, rede de esgoto, a iluminação pública é precária, coleta de lixo ineficiente, serviço de saúde de baixa qualidade.

Larissa assegurou que, além do investimento em infraestrutura, construirá a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Abolições, beneficiando diretamente o Três Vinténs e dotando área de atendimento médico de qualidade, consultas, exames e medicamentos. Professor Josivan lembrou que será mais um elo entre a Prefeitura de Mossoró e o Governo Federal, ajudando a conseguir os recursos que o município não recebeu até agora e que viabilizarão as obras que a população de Mossoró até hoje espera. (Assessoria de Comunicação Mossoró Feliz).

Nenhum comentário: