terça-feira, 11 de setembro de 2012

Campanha ganha na Justiça e tem novos apoios‏

(A) A Justiça Eleitoral concedeu direito de resposta de três minutos aos vereadores Jório Nogueira (PSD), Genivan Vale (PR) e Lahyre Rosado Neto (PSB) no programa eleitoral da candidata Cláudia Regina devido a ofensas no rádio e TV.
O juiz da 33ª Zona Eleitoral, José Herval Sampaio Júnior, entendeu que campanha dela prejudicou os vereadores ao dizer, no guia eleitoral de sexta-feira (7), que foram contra a urbanização da favela do Tranquilim na Câmara Municipal.
No Legislativo, eles identificaram que o projeto enviado pela Prefeitura sobre Tranquilim não contemplava construção de casas. Como defenderam emenda para habitação, passaram a ser acusados de boicotar a obra.
Mas, a Justiça Eleitoral transformou os 5 segundos de ofensas no horário eleitoral em três minutos favoráveis aos vereadores. A decisão, segundo Herval Sampaio, visa à garantia do caráter salutar do horário eleitoral gratuito.
Segundo o magistrado, o guia eleitoral deve servir para propostas dos candidatos, e não para trazer fatos ofensivos sobre atuação parlamentar de vereadores. “O que não fez a representada (Cláudia Regina)”, sentenciou.
Ex-deputado declara apoio a Larissa

A reunião com a Militância 40, ontem (10) à noite, apresentou novas adesões à chapa Larissa/professor Josivan, como o ex-deputado estadual J. Belmont (PMDB), que se junta a outros peemedebistas históricos, como Almeida Sobrinho.
Ele justifica a decisão ao apelo popular. “Por onde andei e passei nessa campanha, ouvi: Larissa será a prefeita de Mossoró. E como a voz do povo é a voz de Deus, não poderia deixar de acreditar nessa previsão vitoriosa”, afirmou.
Além de Belmont, a reunião apresentou o apoio de “Bião” (agente da Polícia Civil), Kerginaldo (Maisa), professor Alberto, entre outros, todos egressos do grupo do DEM. O encontro reiterou a confiança na vitória, com os reforços.
Além de Belmont e as demais adesões, Larissa fez agradecimento especial aos candidatos a vereador, que estão trabalhando incansavelmente, casando o voto, e pediu ainda mais empenho para assegurar a vitória dia 7 de outubro. (Assessoria de Comunicação Mossoró Feliz).


Nenhum comentário: