domingo, 11 de novembro de 2012

Discurso de Marcos Araújo

Na semana em que o Executivo municipal insiste em comemorar a data da emancipação política, a Câmara Municipal fez uma sessão solene para homenagear algumas pessoas que, na opinião dos vereadores, fizeram algo importante por nossa cidade.

Falando em nome dos homenageados, o advogado Marcos Araújo fez um discurso brilhante, do qual destaco um pequeno trecho: "A sociedade reclama por verdadeiros ideais como os que motivaram os padres do início desse escrito. Toda a ação política deveria ser em favor do desejo coletivo. Esse deveria ser o nosso credo, essa deveria ser nossa profissão de fé.
Mas, como podemos falar no presente em emancipação sem fazer uma incursão crítica nas atitudes dos nossos gestores públicos? Certamente, só poderemos comemorar a “nossa” emancipação quando o Estado-Poder registrar em sua contabilidade menos pagamentos em contas publicitárias, e mais investimentos na educação; menos pagamentos em diárias, e mais recursos na saúde; menos desvios para as superficialidades festivas, e mais gastos com a segurança; maior proteção a res publica, e menos apropriação privada dos recursos do erário…
A liberdade política de um povo brota dos sonhos que acalentam os seus mandatários. Se a imagem de futuro de uma sociedade estiver grosseiramente equivocada pelas ações políticas do presente, o sistema social acabará por trair os seus jovens e destruir as gerações do porvir."

Nota 1: para ler o discurso completo, clique AQUI.

Nota 2: para saber sobre a confusão na data da emancipação, clique AQUI.

Nenhum comentário: