quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Lairinho defende que Executivo encaminhe projetos com antecedência

(A) A primeira sessão ordinária do legislativo 2013 da Câmara Municipal de Mossoró foi marcada pela aprovação do projeto que reajusta o salário dos professores da rede pública municipal de ensino. A votação ocorrida nesta terça-feira (26) contou com o voto favorável do vereador Lairinho Rosado (PSB) - (Foto abaixo). Na ocasião, o edil também defendeu que o Executivo encaminhe os projetos com antecedência para que os vereadores possam ter acesso ao teor da proposta.

Em meio à votação, que resultou na aprovação por unanimidade do Projeto de Lei do Executivo que adequa os salários dos professores ao Piso Nacional do Magistério e estabelece o aumento de 7,9% à partir deste mês, o vereador Lairinho Rosado registrou um protesto pelo fato dos edis não terem tido a oportunidade de tomarem ciência do conteúdo da proposta. “O Executivo continua tratando a Câmara como antigamente, mandando projetos de última hora. Até alguns vereadores da bancada governista admitiram que sequer conheciam o teor do projeto”, disse ele se referindo ao projeto de reajuste dos salários dos professores.
Mesmo reconhecendo os benefícios dessa proposta para a categoria, Lairinho reforçou a necessidade de que os vereadores tenham acesso aos projetos à serem votados com antecedência. “É preciso que se mostre respeito com os vereadores dando-lhes oportunidade de conhecer o projeto, por fazer comunicações antecipadas”, afirmou ele.

Os vereadores Luiz Carlos (PT), Genivan Vale (PR), Jório Nogueira (PSD) e Tomáz Neto (PDT) manifestaram apoio ao posicionamento de Lairinho. Eles expressaram que repudiavam essa atitude do Executivo de enviar projetos de última hora.  O professor Luiz Carlos ainda apresentou uma emenda ao projeto de reajuste dos salários dos professores. A alteração estabelecia o retroativo para janeiro e não a database para fevereiro, como consta na proposta do Executivo.

Com 11 votos contrários, a emenda foi derrubada. Apenas os vereadores Lahyre Neto, Genivan Vale, Vingt-Un Neto, Tomaz Neto, Jório Nogueira e Luis Carlos votaram a favor da alteração para que a database fosse janeiro, como determina a Lei federal, e os professores recebessem aumento retroativo à janeiro. Os outros edis votaram contra o destaque, confirmando que os professores devem receber o aumento apenas à partir de fevereiro. A bancada governista alegou que este período foi definido em consenso com a categoria. A sessão desta terça-feira contou com 20 dos 21 vereadores da CMM.

Notas

Na sessão da Câmara Municipal de Mossoró desta terça-feira (26), o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou cinco Indicações. Dentre elas, estavam a solicitação de providências quanto à recuperação da pavimentação da rua Maria Salem Duarte, no bairro Abolição, e também quanto ao serviço de iluminação pública da rua Manoel Veras, localizada no mesmo bairro.

Na ocasião, o edil também indicou providências quanto à reforma da praça do Conjunto Vingt Rosado, no bairro Rincão, e quanto ao serviço de iluminação pública da rua Campos Sales, no bairro Paredões; além de providências quanto à recuperação da pavimentação da rua José Luiz de Oliveira, no bairro Rincão.

Um comentário:

Francy Granjeiro disse...

Vereador LAIRINHO,a praça da Boa Vista,faz anos que não tem reformas,ao lado tem um posto policial deve estar fechado.Que horror!!