sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Renan, de novo, presidente

Pouco mais de cinco anos depois de renunciar à presidência do Senado para não ser cassado, o peemedebista Renan Calheiros foi eleito presidente da Casa.

Teve 56 votos contra o pedetista Pedro Taques, que recebeu 18 votos.

Nota: independente do passado, espero que Renan exerça um mandato de acordo com os anseios da sociedade brasileira.

Nenhum comentário: