sexta-feira, 22 de março de 2013

Eduardo Campos defende que problemas do mundo rural vão além da questão climática

(A) “Não é só a chuva que vai resolver o desequilíbrio social das áreas atingidas pela estiagem”, disse o president Nacional do PSB, governador Eduardo Campos, durante reunião com os bispos de Pernambuco, realizada na manhã desta quinta-feira (21/03), no auditório da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), regional Nordeste, que fica no Recife.
 
Para Eduardo, o desafio é vencer as antigas e novas dificuldades vividas pela população do mundo rural. “Temos um acúmulo de desigualdades de muitas décadas que trava o desenvolvimento brasileiro. Precisamos enfrentá-las ao mesmo tempo em buscamos ajudar os nordestinos a enfrentar a mais grave estiagem dos últimos cinquenta anos”, afirmou. 
“Temos que compreender os limites impostos pela natureza, pois a questão da estiagem não é novidade, mas temos que procurar implementar ações que nos ajudem a conviver com esse quadro”, cravou o governador, lembrando que diversas ações conjunturais e estruturais estão em cursos e que o Governo vai deixar um legado para os próximos ciclos de estiagem.
 
O governador frisou a importância de investir na educação para manter os jovens no campo. “Temos cerca de 1.200 jovens que foram capacitados pelo Governo e, neste momento, estão disseminando o debate sobre a convivência com a seca e, principalmente, ajudando a encontrar novas alternativas para desenvolver a região”, informou o chefe do Executivo.
 
Na ocasião, o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, entregou um documento com mais de cem reivindicações e também sugestões de ações para minimizar os efeitos da seca nas regiões do Agreste e do Sertão. “Nós sabemos que boa parte do conteúdo desse documento já foi incorporada ao plano de Governo, mas é sempre positivo impulsionar um debate sobre esse tema”, completou o arcebispo. (Assessoria de Comunicação Social do Governo de Pernambuco). 
 

Nenhum comentário: