quarta-feira, 13 de março de 2013

Juiz acha normal perfil falso na internet

Uma decisão judicial decidiu que "não caracteriza crime de falsa identidade a conduta de manter o perfil falso, com caráter satírico ou crítico, de pessoa pública."

A dúvida é se a vítima da sátira ou crítica fosse um desembargador ou juiz.

Já fui vítima de criminosos covardes que tentaram se esconder no anonimato para agredir minha família, incluindo aí minha avó e minha filha recém nascida. 

Outras pessoas que de alguma forma discordavam do modus operandi do DEM em Mossoró também foram vítimas.

Não é por ser político, juiz, desembargador ou qualquer servidor público, que o cidadão tenha que aceitar piadas de mal gosto e agressões contra si.

A matéria sobre o assunto, pode ser acessado AQUI.

Nota: os criminosos do Blog do Paulo Doido utilizaram computadores do Gabinete da Prefeita, UERN e de suas próprias casas, além da máquina de uma factoring, que foi usada sem que o proprietário soubesse.

Eles eram funcionários comissionados ou recebiam "mesada" do Palácio para praticar os crimes.

Nenhum foi demitido. Um deles ganhou até uma bolsa de estudo paga pela prefeitura em uma universidade particular.

Nenhum comentário: