quinta-feira, 7 de março de 2013

Mulher na política: participação ainda é pequena‏

(A) Embora crescente, a participação feminina brasileira nas esferas do poder ainda é baixa, segundo especialistas. Esse será um dos temas da comemoração do Dia Internacional da Mulher, amanhã (8), às 10h, na Assembleia Legislativa.

A sessão solene é iniciativa da bancada feminina – formada pelas deputadas Larissa Rosado (PSB), Márcia Maia (PSB) e Gesane Marinho (PSD) – e debaterá aumento da presença da mulher na política, que ainda é tímida, conforme dados oficiais.

Ranking feito em 146 países pela União Interparlamentar mostra que o Brasil ocupa o modesto 110º lugar. E, embora representem 51,7% dos eleitores brasileiros, as mulheres são 9% na Câmara dos Deputados e 10% no Senado.
 Reconhecimento

Além de debater com especialistas conquistas e desafios da mulher no Rio Grande do Norte, a sessão da Assembleia Legislativa homenageará destaques do universo feminino no RN, entre elas, a mossoroense Edith Fernandes Souto.

Considerada exemplo de participação da mulher na política, a militância de Edith foi celebrizada no movimento feminino denominado “As Senadoras”, de apoio a Aluízio Alves, com adesão de outras mossoroenses, na década de 60.

“Mesmo sem ter exercido mandato eletivo, Edith tem vocação política nata e está inscrita na história política do Rio Grande do Norte. É uma mulher à frente do seu tempo”, destaca a deputada Larissa, autora da homenagem.

A parlamentar frisa que o reconhecimento a Edith Souto enseja reflexão sobre aumento da participação da mulher na política, já que ainda é pequena representação feminina no poder, apesar dos avanços dos últimos anos. “Precisamos difundir mais a importância e estimular a participação política feminina”, conclama Larissa. (Fonte: Assessoria de Comunicação Larissa Rosado).







Nenhum comentário: