terça-feira, 30 de abril de 2013

A favor da baixaria

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Mossoró está prestes a cometer uma barbaridade em nome da baixaria.

Apresentamos um Projeto de Lei no plenário do Legislativo mossoroense para que fosse proibido palavras de baixo calão pelas bandas contratadas com dinheiro público.

Não é proibido contratar a banda. Ela pode ser contratada, só não tocar aquelas músicas com baixarias como "rapariga", "viado", "putaria", etc...

Pois bem, recebi a informação de que o parecer da comissão é pela inconstitucionalidade.

Sabe qual a alegação? De que fere o princípio da isonomia e deveria "proteger" também os homens. Por isso deverá ser derrubado em plenário.

A intenção é proteger a população da baixaria, homens e mulheres, mas parece que há quem queira proteger a baixaria, empresários e bandas. A troco de que?

Nenhum comentário: