quarta-feira, 3 de abril de 2013

Lairinho integra Comissão de vereadores de Mossoró que busca alternativas para resolver problema da falta de UTIs pediátricas

(A) Diante de recentes denúncias sobre a falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, uma comissão de vereadores visitou o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) para verificar in loco a situação e buscar alternativas para resolver esse problema. Os parlamentares interromperam a sessão de ontem, 2, na Câmara Municipal de Mossoró (CMM), para fazerem a visita. 

Participaram da ação os vereadores Heró (PTdoB), Lairinho Rosado (PSB), Genivan Vale (PR), Jório Nogueira (PSD), Vingt-un Rosado (PSB), Luiz Carlos (PT), Tomaz Neto (PDT), Alex do Frango (PV), Celso Lanches (PV), Genilson Alves (PTN) e Soldado Jadson (PTdoB). Os parlamentares foram recebidos pelo diretor técnico do HRTM, João Firmino, que explicou a real situação da unidade quanto à UTI pediátrica. 

"Em Mossoró não tem UTI pediátrica, nunca teve. Para as crianças que necessitam do serviço, a equipe do Hospital solicita a vaga em Natal", informa o diretor. E complementa: "Infelizmente, recentemente tivemos um caso de um bebê que veio a óbito por complicações no quadro de saúde antes de ser transferido para UTI e uma criança teve de esperar alguns dias até conseguirmos uma vaga", lembra. 
Durante a visita, o vereador Genivan Vale informou que há uma ordem judicial para que sejam construídos leitos de UTI pediátrica em Mossoró. "O processo é de 2008 e a sentença foi dada em 2010 para que fossem construídos sete leitos de UTI pediátrica e sete leitos de UTI adulta. Mas o Governo do Estado recorreu e conseguiu suspender o prazo para a execução da ordem judicial", informa. 

Genivan Vale destaca que conversou com o procurador federal Fernando Rocha sobre essa situação. "Na ocasião, ele me informou que pedirá a execução da ordem judicial, juntamente o bloqueio de R$ 1,5 milhão da conta da União, Estado e Município (valor dividido igualmente entre os três poderes) para a construção dos leitos", revela o parlamentar. 

De acordo com o presidente da Comissão de Saúde da CMM, Heró, a visita teve como objetivo ver de perto a real situação dos leitos da UTI pediátrica, entrar em contato com os órgãos competentes e buscar solução imediata para o problema.

Nenhum comentário: