quinta-feira, 2 de maio de 2013

Eduardo Campos: "Pernambuco conquista resultado histórico no enfrentamento da violência"

(A) Pela primeira vez na história, Pernambuco celebrou um dia inteiro sem que fosse registrado uma única morte violenta. O fato aconteceu na última segunda-feira (29/04), quando os 184 municípios do Estado zeraram os índices contabilizados pelo Pacto pela Vida. A confirmação do fato se deu em entrevista coletiva, realizada na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão, nesta terça-feira (30/04), com a presença do governador Eduardo Campos e do secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, e dos comandantes da Polícia Militar e da Polícia Civil.

"É algo muito importante. Pernambuco conquista um resultado histórico no enfrentamento à violência. Essa é uma vitoria da sociedade pernambucana, que deve nos estimular. Sabemos que tem muitas desafios pela frente ainda, mas estamos motivados a continuar, e vamos seguir em frente buscando repetir essa marca", disse o governador. Atualmente, 43 municípios estão com a contagem zero desde o início do ano, entre eles, Limoeiro, Triunfo e São José do Egito. Já o Recife, nos primeiros quatro meses de 2013, registrou 52 dias com zero homicídio. Para Eduardo, uma série de ações se soma para a conquista deste resultado, como o Programa Patrulha nos Bairros, o trabalho integrado com o Poder Judiciário, a Defensoria Pública, artistas, entre outros.

"O fundamental aqui é a articulação, é não deixar germinar aquela política de todo mundo achar que o responsável é o outro e ninguém se sentir responsável. É importante ter um bom diagnóstico, uma ação articulada, fazer um mix de varias ações, ter governança sobre isso e ação articulada do aparelho de estado. É apostar na transparência da gestão", explicou o governador. O Pacto pela Vida celebra seis anos no dia 08 de maio, quando o Governo deve realizar um balanço das ações e próximos passos para continuidade da redução dos índices de violência. Vale ressaltar que a estatística oficial vem sendo registrada desde janeiro de 2004. (Assessoria de Comunicação Social do Governo de Pernambuco).

Nenhum comentário: