sexta-feira, 28 de junho de 2013

Câmara Municipal de Mossoró promove Sessão Solene para Constituintes

(A) A Câmara Municipal de Mossoró realizou, nesta sexta (28), a Sessão Solene em Homenagem aos Vereadores que promulgaram a Lei Orgânica de Mossoró. Compareceram à Sessão, além dos ex-vereadores, amigos e familiares dos edis, além de autoridades de Mossoró.

O presidente da Casa, Francisco José Jr. (PSD), teve a oportunidade de homenagear ao pai, Francisco José Lima Silveira, um dos vereadores da constituinte mossoroense. Para o atual presidente da Câmara, a cerimônia serviu para prestar uma homenagem aqueles que “serão eternamente vereadores desta Casa”, como disse. Como mais um tributo aos ex-vereadores, será confeccionada e instalada na Câmara de Mossoró uma placa para ficar eternizar os edis da constituinte.
Os ex-vereadores receberam comenda na forma de um diploma de reconhecimento. Os homenageados foram os seguintes: Antônio Fernandes Duarte; Antônio Tomaz Neto; Cláudio Rodrigues da Silva; Davi Lima de Santana; Paulo Fernandes de Oliveira; Francisco de Assis Vieira Fernandes; Francisco Bezerra de Maria (in memorian); Francisco Dantas da Rocha; Francisco José Lima Silveira; Francisco Silmar da Silveira Borges; Gidel Gomes de Carvalho; Janúncio Soares da Silveira; Joalba Vale; João Newton da Escóssia Júnior; Lupércio Luiz de Azevedo; Mateus Justino Carreiro (in memorian); Marcos Antonio de Oliveira Medeiros; Milton Carlos Rodrigues da Silveira; Nivaldo Dantas; Pedro Fernandes Pereira; Vicente de Souza Rêgo. (Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Mossoró).

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Lairinho participa de Audiência da Segurança Pública e cobra ações contra violência

"As audiências estão sendo utilizadas para darem justificativas de problemas já conhecidos do público. Faltam medidas efetivas para darem solução aos problemas." Com essas palavras, o vereador Lairinho Rosado (PSB) deu início ao seu pronunciamento durante a Audiência para discutir a Segurança Pública realizada nessa quarta-feira (26) na Câmara Municipal de Mossoró.

Na ocasião, o parlamentar também criticou a ausência de representantes da Prefeitura e do Estado. Ele lembrou na Audiência da Juventude, de iniciativa dele, também os referidos poderes não estiveram presentes. "Lamentamos a falta de ações do poder público", afirmou Lairinho, lembrando que nesse Dia Internacional de Combate às Drogas, o Município não tinha adotado nenhuma atividade em alusão à data.

Na oportunidade, o vereador também recepcionou representantes dos agentes penitenciários do estado, que foram até à sede do legislativo mossoroense para protestar pela morte do colega encontrado morto nesta semana.  


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Câmara de Mossoró realiza Audiência para tratar da Segurança Pública

(A) A Câmara de Mossoró realizou, nesta quarta (25), Audiência Pública para tratar da segurança pública da cidade. A iniciativa é resultado de proposta do vereador Soldado Jadson (PT do B), aprovada pela Casa por unanimidade. A Audiência contou com uma grande presença popular, além do comparecimento de diversas autoridades e especialistas da área da segurança, como o Comandante do Policiamento do Interior, Tenente-Coronel Lenildo Sena; Toni Magno, presidente da APRAM (Associação de Praças de Mossoró); Denis Carvalho, delegado da Polícia Civil; Comandante Alvibar Gomes, do 2 º batalhão de Polícia Militar de Mossoró; Paulo Cesário, representando a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Também compareceram agentes públicos municipais que participavam de manifestação, os quais foram recebidos no plenário da Câmara.
Na Audiência foram discutidos os altos índices de violência em Mossoró nos últimos anos, apresentados por Soldado Jadson, que constatou na apuração dos dados que os índices da cidade são incompatíveis com o porte do município, principalmente em comparação aos números de cidades de dimensões similares. Para o vereador, “não vemos medidas concretas do governo RN para sanar a situação”, segundo disse. Soldado Jadson denunciou uma situação de descaso no tratamento do poder público reservado aos policiais, constituindo uma situação que se torna ainda mais delicada no interior. Neste cenário, o vereador afirma serem comuns situações em que faltam para a força policial itens básicos como alimentação e combustível para as viaturas, deixando a ação policial a mercê da ajuda dos prefeitos, o que acaba por municipalizar o serviço.

A necessidade de melhorar a situação profissional dos agentes da segurança pública marcou a tônica dos debates. Nessa direção, discutiu-se a diminuição carga horária dos policiais, bem como a garantia de pagamento de seus vencimentos, de modo a motivar os profissionais por meio de sua valorização. Também foi apontada a urgência do aumento do efetivo da polícia civil e militar, através da nomeação de concursados. A falta de efetivo foi apontada como o principal problema das polícias civil e militar. Além disso, foram apresentadas as demandas pela realização de Concursos para o ITEP e Corpo de Bombeiros. Outro ponto discutido na Audiência foi um possível retorno aos batalhões dos oficiais que estão cedidos a outros órgãos públicos para o exercício de funções burocráticas, bem como a resolução da situação dos policiais que, por atualmente trabalharem no sistema penitenciário, se encontram em desvio de função. A realização de fóruns permanentes de discussão sobre a segurança pública, de modo a trazer a sociedade para a discussão do tema, figurou como uma das propostas veiculadas na Audiência.
Como resultado da Audiência Pública sobre a segurança, foi formulada uma pauta para ser entregue ao governo do estado e aos órgãos competentes, tratando das questões abordadas na ocasião.
Agenda da Câmara: Na quinta-feira (25), o projeto Câmara Cultural irá ser realizado, contando com as apresentações do cantor André Luví, da escritora Serjane Lobato e também com a exposição artística do Projeto Semeando Liberdade, iniciativa do Conselho da Comunidade na Execução Penal da Comarca de Mossoró e da Penitenciária Federal de Mossoró, em parceria com a Penitenciária Agrícola Dr. Mário Negócio. Na sexta-feira (26), será o dia da realização de Sessão Solene, feita em homenagem aos vereadores que promulgaram a Lei Orgânica de Mossoró. Todos os eventos ocorrerão no Plenário da Câmara de Mossoró, sempre às 9h da manhã. (Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Mossoró).

terça-feira, 25 de junho de 2013

Lairinho parabeniza movimento "Chegaaaaa" e reforça apelo por mais segurança

(A) Durante a sessão desta terça-feira (25) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) parabenizou a realização do movimento "Chegaaaaa", contra a criminalidade e violência, e reforçou o apelo por mais segurança.

O posicionamento do parlamentar foi externado durante a utilização da tribuna, onde ele elogiou a mobilização local que pede paz. "A manifestação foi muito bonita. Pois, a população não aguenta mais tanta violência", avaliou ele.
Lairinho também cobrou ações mais efetivas do poder público no combate à insegurança, como aumento do efetivo policial. "Precisamos sair do discurso e seguir para a prática", ponderou o vereador, chamando a atenção para os crescentes números de homicídios e de assaltos. 

Saúde

Lairinho também aproveitou a sessão desta terça para elogiar o posicionamento de vereadores da bancada governista em defesa da Casa de Saúde Dix-Sept Rosado.  



    











Lairinho propõe instalação de climatização nos leitos de enfermaria do SUS em Mossoró

(A) Com o fim de proporcionar uma maior qualidade na prestação do atendimento médico em Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) solicitou, na semana passada, à Prefeitura Municipal que providencie a instalação de climatização nos leitos de enfermaria nos hospitais credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 
A proposta do parlamentar, apresentada na sessão da Câmara da última quarta-feira (19), sugere a realização de um estudo de viabilidade que antecede a execução da medida. A justificativa da proposição traz que a iniciativa se dá diante das elevações de temperatura, constatadas nos leitos de enfermaria, que vão de encontro às condições de bem estar dos pacientes e dos servidores destes locais.
 
“Estudos comprovam que o controle a temperatura ambiente favorece o bom desempenho das atividades humanas e a recuperação, no caso de doenças e estresse físico ou emocional”, ressalta o teor da Indicação. “Dessa forma, é correto afirmar que a responsabilidade dos gestores é adequar o atendimento através de um ambiente agradável e estruturado, capaz de promover benefícios aos pacientes e proporcionar qualidade na prestação de serviço em saúde”, acrescenta a justificativa da proposta.
 
UBS's

Através da Indicação Nº 1657/2013, Lairinho solicitou a instalação de assentos e cobertura na parte externa de todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s).

sábado, 22 de junho de 2013

Lairinho solicita construção de Hospital do Idoso em Mossoró

(A) O primeiro passo para a implantação do Hospital do Idoso em Mossoró já foi dado. Durante a sessão da última quarta-feira (19) da Câmara Municipal, o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou uma proposição que sugere a construção na cidade de uma unidade de saúde especializada em gerontologia e geriatria.

A iniciativa do parlamentar foi motivada diante da necessidade do Município se adequar ao atendimento específico direcionado para essa parcela da população, que no mundo inteiro vem aumentando significativamente. “Assim sendo, aguardamos a implementação desta indicação para que possam ser atendidos os anseios da população”, destacou Lairinho.
Como justificativa, o teor da proposta de construção do Hospital do Idoso em Mossoró traz a estimativa de que no ano de 2020 no Brasil teremos uma população de 32 milhões de idosos, o que equivalerá a 15% da população geral; segundo dados do IBGE. Os números do Instituto também apontam que as projeções para o ano 2025 indicam que o Brasil terá a 6ª população idosa do mundo em números absolutos.
 

Diante desta tendência, Lairinho chama a atenção para o fato de que o cuidado com pessoas idosas requer muita habilidade do cuidador, e para isso torna necessário um local adequado para atendimento desta classe. “Isto possibilita aos profissionais da saúde a realização de tarefas que vão desde a higiene pessoal até a administração de medicamentos prescritos pelos médicos e, acima de tudo, proporciona a criação de local seguro com o intuito de proporcionar conforto físico e psíquico.”

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Lairinho apresenta proposições na área de infraestrutura para bairros de Mossoró

(A) Durante as sessões dessa terça e quarta-feira (18 e 19) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou proposições na área de infraestrutura para bairros da cidade. As medidas são direcionadas para o Redenção I e II, e Nova Betânea.

Nas recentes sessões, o parlamentar propôs reforma da praça do conjunto Redenção I; construção de creche modelo para o Redenção II; e recuperação da pavimentação da avenida Mota Neto, no bairro Nova Betânea.

Ainda para o Redenção II, Lairinho sugeriu construção de quadra e urbanização da praça; e construção de campo com telas de proteção no Redenção I.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Larissa pede reinício da duplicação entre Mossoró e Tibau

(A) Em requerimento aprovado no plenário da Assembleia Legislativa, esta semana, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) cobra do Governo do Estado retomada das obras de duplicação da RN-013, entre Mossoró e Tibau.
A parlamentar também questiona o motivo alegado pelo Governo do Estado à paralisação (chuvas), já que a construção do Complexo Viário da Abolição, também em Mossoró, não foi interrompida e continua em ritmo normal.
“Motoristas que trafegam na rodovia se queixam da paralisação e dos transtornos da obra inacabada. Por isso, pedimos urgência na retomada dos trabalhos. Ainda faltam aproximadamente 27 quilômetros”, justifica Larissa.
Interdições
A deputada também requer ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) melhor sinalização de trechos da BR-304, interditados para construção de viadutos do Complexo Viário da Abolição, na área urbana de Mossoró.
Condutores, segundo Larissa, reclamam da sinalização precária, o que contribui para acidentes de trânsito. “O tráfego intenso exige medidas que deixem a circulação próxima às obras mais segura e facilitada para todos, observa.
Condutores, segundo Larissa, reclamam da sinalização precária, o que contribui para acidentes de trânsito. “O tráfego intenso exige medidas que deixem a circulação próxima às obras mais segura e facilitada para todos, observa. (Assessoria de Comunicação Larissa Rosado).

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Larissa: ‘Também sou solidária para um basta à violência’

(A) No debate da proposta que destina 9% do Orçamento do RN para segurança, nessa terça-feira (18), na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) defendeu inclusão da violência na pauta das manifestações populares.
Segundo a parlamentar, os protestos contra aumento da tarifa do transporte coletivo precisa se estender à insegurança, e elogiou a iniciativa de Mossoró, onde a população sairá às ruas do Centro contra a violência, sábado (22).
“A violência continua aumentando e não há ações à altura. Mossoró precisa dobrar seu efetivo policial, e assiste a comerciante ser assaltado 18 vezes este ano, a sequestro de empresário à luz do dia, em pleno local de trabalho”, lamenta.
Larissa reiterou apoio à mobilização popular em Mossoró contra o avanço da criminalidade. “O povo mossoroense definitivamente se cansou de tanta omissão das autoridades. Também sou solidária para um basta à violência”, afirma.
Regularização
Ainda na sessão desta terça-feira, a deputada requereu ao Governo do Estado pagamento de diárias operacionais à Polícia Militar, atrasado há três meses, segundo a Associação dos Praças da Polícia Militar da Região Oeste (Apram).
“Situações como essas contribuem para indignação com a incapacidade do Estado de garantir segurança. Vamos continuar cobrando que o Governo cumpra sua obrigação de assegurar proteção às famílias potiguares”, reafirma Larissa. (Assessoria de Comunicação Larissa Rosado).

terça-feira, 18 de junho de 2013

Lairinho registra total apoio aos movimentos reivindicatórios

(A) "É uma imensa alegria poder testemunhar os jovens de Mossoró e de todo o país envolvidos na luta por melhorias." Com essas palavras, o vereador Lairinho Rosado (PSB) externou sua satisfação sobre os protestos que acontecem pelo país e que também desembarcou na segunda maior cidade potiguar na manhã desta terça-feira (18).

O posicionamento do parlamentar acerca das mobilizações sociais foi exposto durante a sessão desta terça da Câmara Municipal de Mossoró. Inicialmente, durante o uso da tribuna do legislativo mossoroense, Lairinho lembrou que meses antes de começarem os protestos seu mandato já tinha proposto uma Audiência Pública para discutir políticas públicas para a juventude, realizada na semana passada.

"Os protestos demonstram que o cidadão não está satisfeito com a atual situação de insegurança, falta de qualidade de vida e de saúde pública", destacou o parlamentar em seu pronunciamento, chamando atenção para o fato de que em Mossoró o movimento "Pau de Arara" cobra a implantação do plano de mobilidade urbana.

"Há 20 anos que a Prefeitura de Mossoró trata o transporte público como problema e não como solução", afirmou Lairinho, em sintonia com a luta do movimento "Pau de Arara", que reivindica ações efetivas de melhorias para o transporte público. Ao final de sua fala, o vereador parabenizou a iniciativa dos manifestantes e convidou a população para participar do movimento "Chegaaaaa Paz Mossoró", marcado para este sábado (22) e que protesta contra a violência.  
   


   

Justiça obriga prefeitura a detalhar custos de atrações do Mossoró Cidade Junina

(A) A Justiça determinou que a Prefeitura de Mossoró abra a “caixa-preta” que envolve os custos das bandas contratadas para o Mossoró Cidade Junina. Em decisão inédita, a Vara da Fazenda Pública da Comarca de Mossoró determinou que o detalhamento fosse divulgado com relação à edição 2012.

A solicitação foi feita pelo vereador Lairinho Rosado (PSB), tendo como base a Lei de Acesso à Informação. “Qualquer cidadão pode solicitar aos governos informações sobre os gastos públicos. Fiz o pedido e como não atenderam precisei recorrer à Justiça”, explicou.
O parlamentar avisou ontem durante o programa Observador Político que ao final da edição 2013 do Mossoró Cidade Junina pedirá novamente o detalhamento dos custos das bandas. “É um direito do cidadão”, acrescenta.
A atração mais cara do evento em 2012 foi a banda Aviões do Forró, que custou aos cofres públicos R$ 265 mil. A título de comparação na “Operação Máscara Negra”, em que o Ministério Público investiga superfaturamento de bandas contratadas com dinheiro público para carnavais, essa mesma banda custou R$ 300 mil à Prefeitura de Macau no carnaval do ano passado. O Ministério Público concluiu que havia irregularidade ao comparar com o cachê pago no mesmo período pela Prefeitura de Cajazeiras (PB) que foi de R$ 200 mil. A segunda atração mais cara ano passado foi a dupla César Menote e Fabiano (R$ 231.250) e a terceira Garota Safada (R$ 202.500). Tudo isso incluindo os impostos recolhidos.
As principais atrações totalizaram R$ 1.822.875. Os artistas locais R$ 127.125 e o forró pé de serra R$ 32.375. Ao todo as atrações do Mossoró Cidade Junina do ano passado custaram R$ 1.982.375. Para 2013 a Prefeitura informou que foram gastos com atrações R$ 2.750.000. Mas nesse caso ela não detalhou quanto custou cada uma das atrações.
O aumento com os custos do ano passado para cá foi de 38,7%. Bem mais que a inflação de 5,84%. Conforme informou a Gondim & Garcia Produções, empresa que contrata bandas para a Prefeitura de Mossoró, os custos incluem cachê, passagens aéreas, excesso de bagagem, traslado, hospedagem, diárias de alimentação, despesas com camarins e carregadores. (Fonte: Jornal O Mossoroense). 

Clipe das Diretas Já!


No, I'm not going to the world cup. (Não, eu não vou para a Copa do Mundo)


Frase

É claro, a classe média está agredida, porque está conseguindo comprar menos do que comprava há um ano. O governo tem que existir para todos. É claro que para os pobres, mas também para os médios e para os empregadores” - Senador José Agripino

Sancionada redução de carga horária e reajuste da gratificação dos agentes de saúde e endemias

Ao contrário da informação que nos chegou, o Executivo sancionou a Lei Complementar 91/2013 que garante reajuste de 50% da GRAPS e redução da carga horária dos Agentes de Saúde e Agentes de Endemias.


Nota: na semana passada, recebi a informação de uma pessoa que trabalha na Prefeitura de Mossoró sobre uma reviravolta jurídica que estaria pressionando o Executivo a vetar o projeto que, por sinal, é de sua autoria.

Estudantes protestam pelas ruas de Mossoró [FOTOS]

Os protestos no Brasil não tem se resumido às capitais ou maiores cidades do país.  Aqui em Mossoró também há manifestações.

Com uma diferença. Enquanto em outras cidades os estudantes cobram redução de tarifas de transporte coletivo, aqui se protesta por algo ainda mais essencial... Cobram transporte coletivo.

Explico.

Em Mossoró não há transporte coletivo que atenda de forma minimamente decente os usuários. Segundo especialistas no setor, seriam necessários 90 ônibus nas ruas, mas em Mossoró não há sequer 30 rodando.

Parabéns aos estudantes!

Abaixo algumas imagens da manifestação de hoje.













sexta-feira, 14 de junho de 2013

Larissa: ‘Reforço do efetivo tem que ser permanente'

 
(A) Autora de requerimento para reforço do efetivo policial no Mossoró Cidade Junina, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) propõe permanência da tropa auxiliar após o evento. O reforço, entende ela, não deve se restringir à fase junina.
“O aumento do efetivo tem que ser permanente. As famílias de Mossoró estão sendo vítima de homicídios, assaltos, furtos, arrombamentos e até sequestro. Daí, esse efetivo extra, ou parte dele, precisa ficar na cidade para dar conta”, afirma.
Até porque, lembra Larissa, a Polícia Militar tem carência de pessoal e necessita dobrar seu efetivo. “Sem falar que esse reforço beneficiará todos os municípios jurisdicionados pelos dois batalhões sediados em Mossoró”, observa.
 
Reconhecimento
A deputada exalta a mobilização contra a violência de entidades de classe e outros segmentos, que realizarão protesto próximo dia 22, no Centro de Mossoró. “A sociedade está de parabéns e apoiamos a iniciativa”, elogia.
Larissa espera que o Governo do Estado seja sensível ao anseio geral por mais segurança. “Temos feito a nossa parte na Assembleia Legislativa, cobrando ações. Tomara que a mobilização do povo sensibilize mais o Executivo”, conclui. (Assessoria de Comunicação Larissa Rosado).

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Audiência da Juventude reafirma luta por políticas públicas para jovens

(A) Reafirmação de políticas públicas para a juventude mossoroense. Esse foi o principal resultado da Audiência Pública da Juventude realizada nesta quinta-feira (13) na Câmara Municipal de Mossoró. A iniciativa foi proposta pelo vereador Lairinho Rosado (PSB) e contou com participação de autoridades e representantes da sociedade civil.

A Audiência da Juventude foi aberta pelo próprio parlamentar que discursou sobre a importância de se debater a elaboração e implantação de programas voltados para os jovens do município. Inicialmente, Lairinho lamentou a ausência da Prefeitura e do Estado na discussão. "Eles confirmaram presença, mas, não encaminharam nenhum representante", criticou o edil.

Em sua fala, Lairinho também chamou a atenção para a importância da inserção dessa parcela da população no texto da Constituição Federal, fato esse ocorrido em 13 de julho de 2010. "A medida oficializou a possibilidade de se direcionar políticas públicas para essa parcela da população, que ainda não era juridicamente contemplada."

O vereador lembrou que apesar dessa mudança significativa, a juventude ainda tem que superar a problemática das drogas, do desemprego, da evasão escolar, da falta de qualificação profissional, e da violência; dentre outros problemas. "À nível local, nosso mandato legislativo tem procurado demonstrar uma profunda preocupação com a proposição de políticas públicas em prol da juventude, com a apresentação de medidas que beneficiam as áreas da capacitação trabalhista, da educação, do esporte e lazer, e da segurança", pontuou Lairinho.


O pronunciamento do parlamentar foi seguido pelo posicionamento do presidente do Fórum Municipal da Juventude, Átillas Raphael, que criticou o fato do município não desenvolver políticas públicas para a juventude. Depois dele, o diretor do campus do IFRN, Jailton Barbosa, destacou a importância do papel da educação na formação cidadã do jovem. Já a representante da Secretaria Nacional da Juventude, Divaneide Basílio, defendeu que falta adesão do poder público aos programas e políticas públicas. 

Os vereadores presentes também se manifestaram acerca da discussão e parabenizaram a iniciativa. Representantes da sociedade civil também tiveram direito à palavra e cobraram ações efetivas do poder público. A Audiência também contou com a participação do advogado João Castelo, tio do universitário José Castelo, de 19 anos, morto há cerca de dois meses em ocorrência policial em Mossoró. A sessão foi encerrada com a leitura de uma Carta Manifesto, com reivindicações dos jovens, para ser entregue às autoridades competentes.


quarta-feira, 12 de junho de 2013

Lairinho lamenta prática do Governismo em sufocar emendas da Oposição ao orçamento

(A) Depois de reiteradas cobranças por parte do vereador Lairinho Rosado (PSB), a Prefeitura de Mossoró finalmente encaminhou para a Câmara Municipal o Projeto de Lei do Executivo nº 1125/2013, que trata da Lei Orçamentária Anual do Município (LDO) para o exercício de 2014. E para debater pontos relacionados ao documento, o legislativo mossoroense realizou nesta quarta-feira (12) uma Audiência Pública.

Na ocasião, Lairinho lamentou o fato de que é costume emendas apresentadas pela bancada da oposição serem derrubadas ou vetadas. "Esta casa tem que participar ativamente no processo de elaboração, execução e fiscalização do orçamento municipal", cobrou o parlamentar. Durante as últimas sessões, o vereador sempre reforçava a cobrança para que o Governismo encaminhasse a LDO para a Câmara.

A posição favorável ao estabelecimento do orçamento impositivo ganhou força entre os edis. Para eles, o orçamento impositivo poderia ajudar que as emendas ao LDO sejam efetivamente aplicadas pelo Executivo. Para Lairinho, a mudança poderia favorecer ao cumprimento das leis pelo município, “coisa que não tem sido comum”, criticou ele.
 
 
Audiência contou com a presença de diversas autoridades, como a Secretária da Controladoria Geral da Prefeitura de Mossoró, Fátima Marques; Olavo Hamilton, Consultor Geral da Prefeitura de Mossoró; Fábio de Weimar Thé, Promotor de Justiça da Comarca de Mossoró. A Audiência também contou com a presença de diversos líderes comunitários, que apresentaram, na Tribuna Popular da Casa, as necessidades de suas regiões.

 
 
 

terça-feira, 11 de junho de 2013

Desespero!

A única palavra que define a situação que vivemos em Mossoró é essa, "desespero".

Só de pessoas que conheço, no sábado a casa de uma amiga foi invadida pela quarta vez em menos de um ano, ontem um amigo foi assaltado em frente à sua casa, hoje pela manhã, um comerciante que já havia sido assaltado 18 vezes levou dois tiros, hoje à noite a esposa de um amigo foi assaltada em frente à sua clínica.

Além disso tudo, teve o sequestro de Fabinho Porcino ontem.

Nota: só entre sábado e domingo, foram 11 feridos à bala, dos quais 3 mortos em Mossoró.

Nota2: entre janeiro deste ano e ontem, segunda feira, haviam acontecido 88 homicídios em Mossoró.

Lairinho cobra mais segurança e lamenta não inclusão de mais benefícios em projeto para servidores

(A) Durante a sessão desta terça-feira (11) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) usou a tribuna popular para reafirmar a luta do mandato em prol da segurança pública. Na ocasião, o parlamentar cobrou ações efetivas do poder público no combate à violência. "Fazemos apelo para impedir a recorrência assaltos, sequestro e tiroteios", disse Lairinho, chamando a atenção para o papel da educação e do esporte na luta contra a criminalidade. 
"Quero me solidarizar com todas as famílias de Mossoró vítimas de violência na cidade", pontuou o vereador lembrando que faltam investimentos do poder público na segurança. Na mesma ocasião, Lairinho comemorou a aprovação do projeto de lei que reduz a carga horária dos Agentes de Endemias e Agentes Comunitários de Saúde, que reajusta a GRAPS, e que cria o adicional do risco de vida para Agentes de Trânsito. 

"O servidor sabe que sempre estive do lado dele", destacou o parlamentar, lamentando o fato de dois Destaques que beneficiariam ainda mais os servidores não terem sido incluídos na proposta.


Câmara marca Audiência Pública para discutir a LDO

(A) A Câmara Municipal de Mossoró realizou, nesta terça (11), a leitura das diretrizes para a elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual do Município de Mossoró para o exercício de 2014, contidas no Projeto de Lei do Executivo Nº 1125 / 2013.
Ao final da Sessão, ficou definido que amanhã, quarta-feira (12), será realizada a Audiência Pública que irá discutir a Lei Orçamentária. A audiência está marcada para as 9h da manhã, no plenário da Câmara.
Na Sessão desta terça, foi aprovado também o Calendário de apreciação do Projeto de Lei do Executivo 1125/2013. As datas definidas foram as seguintes:
11/Junho (Terça-Feira): Leitura na íntegra do Projeto de Lei do Executivo nº 1125/2013 que dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da Lei Orçamentária Anual do Município de Mossoró para o Exercício de 2014 e dá outras providências.
12/Junho (Quarta-Feira) a 21/Junho (Sexta-Feira): Prazo para entrega das Emendas à Constituição de Orçamento, Finanças e Contabilidade.
12/Junho (Quarta-Feira): Audiência Pública para debater o Projeto de Lei do Executivo nº 1125/2013.
25/Junho (Terça-Feira): Leitura das Emendas em Plenário.
28/Junho (Sexta-Feira): Prazo final para Comissão de Orçamento, Finanças e Contabilidade proferir parecer do Projeto de Lei do Executivo nº 1125/2013.
02/Julho (Terça-Feira): Leitura da decisão acerca das Emendas e 1ª Votação do Projeto de Lei do Executivo nº 1125/2013.
02/Julho (Terça-Feira): 2ª Votação do Projeto de Lei do Executivo nº 1125/2013. (Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Mossoró).

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Pesquisa Datafolha - Simulação para 2014


"Carta Manifesto" será entregue às autoridades durante Audiência Pública da Juventude em Mossoró

(A)  Uma “Carta Manifesto” será entregue às autoridades presentes na Audiência Pública da Juventude marcada para esta quinta-feira (13), às 09h, na Câmara Municipal de Mossoró. A informação é do presidente do Fórum Municipal da Juventude de Mossoró, Átillas Raphael.

Átillas Raphael informou também que como preparativos para a atividade, a coordenação da audiência estar se reunindo semanalmente com estudantes, universitários, movimento cultural, esportistas, entre outros, já montando pauta de discussão e elaborando o documento. 
 
 
A inciativa para a audiência pública é dos mandatos dos vereadores Lairinho Rosado (PSB) e Vingt-Um Neto, também do mesmo partido, em parceria com o Fórum da Juventude de Mossoró.
 
O evento deverá contar com a Secretária Nacional de Juventude da Presidência da república, Severine Macedo; a Sub-Secretária de Juventude do RN, Tatiana Pires; a Secretária de Desenvolvimento Social e Juventude de Mossoró, Patrícia Leite; Alessandro Belchior, Presidente do Conselho Nacional de Juventude; a juíza e o promotor da Vara da Infância e Juventude de Mossoró, Drª Ana e Olegário; além de lideranças juvenis, DCE’s e outras entidades.
 
 



Sobre a pesquisa Datafolha

Deu na coluna Painel, Folha de São Paulo:

"Os pessimistas com os rumos da economia preferem Lula a Dilma, segundo o Datafolha. Em um cenário com os mesmos adversários, o ex-presidente tem 43% das intenções desses votos contra 29% de Dilma. A preferência por Lula se repete entre os que temem a alta da inflação (48% x 40%) e a escalada do desemprego (48% x 39%). No geral, o estrago para Dilma é maior entre os eleitores preocupados com perdas no próprio orçamento (sua preferência cai de 51% para 31%).
*
Padrinho 1 Lula é o mais popular entre os menos endinheirados. Ele supera Dilma entre os que ganham até dois salários mínimos (62% x 56%) e na faixa de dois a cinco mínimos (54% x 47%).
Padrinho 2 Dilma vai melhor no grupo com renda entre cinco e dez salários mínimos (44% x 41%) ou mais de dez mínimos (36% x 31%).
Regionalista Aécio Neves (PSDB), candidato de oposição favorito na região Sudeste (21% das intenções de voto), destoa em São Paulo (16%), onde Dilma tem 47%.
Sabe-tudo Marina Silva dispara entre os eleitores com nível superior: passa de 16%, na média nacional, para 29%, chegando perto de Dilma, que cai de 51% para 34% nas intenções desse grupo."

sábado, 8 de junho de 2013

Projeto de Larissa reforça prevenção ao câncer

(A) O Ministério da Saúde estima 137 mil novos casos de HPV a cada ano no Brasil e, para orientar sobre o vírus no RN, a Assembleia Legislativa aprovou criação da Semana Estadual para Conscientização e Prevenção ao HPV.
A ação é estabelecida em Projeto de Lei da deputada estadual Larissa Rosado (PSB), foi aprovada na Comissão de Educação da Casa, anteontem (5), e será votada em breve no plenário, antes de seguir à sanção do Executivo.

Estima-se que o HPV provoque cerca de 90% dos casos de câncer do colo do útero; que 25% a 50% das mulheres estejam infectadas no mundo; 75% delas contraiam o vírus na vida e 50% dos homens estejam infectados.
“A semana de conscientização é necessária, porque, embora grave, o HPV ainda é pouco conhecido e não existem ações de governo consistentes de informação e tratamento. Queremos institucionalizar essas medidas do RN”, explica.
Além da campanha de orientação, Larissa lembra ser autora do Projeto de Lei que torna obrigatória vacina contra HPV na rede pública de saúde. “Mas, para que haja procura pela vacinação, a população precisa ser informada”, observa. (Assessoria de Comunicação Larissa Rosado).

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Audiência da Juventude em Mossoró discutirá políticas públicas para jovens

(A) Debater as políticas de um modo geral, mas dando ênfase as vulnerabilidades sociais da juventude de Mossoró. Esse será o foco da Audiência Pública da Juventude marcada para o próximo dia 13 de junho, às 09, na Câmara Municipal da cidade.

Segundo o presidente do Fórum Municipal da Juventude de Mossoró, Átillas Raphael Jales, o evento foi motivado pelo fato de ainda não existir nenhuma política consolidada para os jovens da cidade. “Há oito anos, o movimento trabalha em prol dessa parcela da população”, lembrou Átillas Raphael.
O presidente do Fórum Municipal da Juventude de Mossoró informou que na ocasião também serão avaliadas as Políticas Públicas que existem na cidade, conhecer e ver ações que estão sendo implementadas pelo Governo Federal e debater propostas de Políticas Públicas na esfera municipal.
Ainda de acordo com Átillas Raphael, na ocasião serão discutidas as políticas de um modo geral, mas dando ênfase as vulnerabilidades sociais da juventude de Mossoró, como faltas de uma política de educação condizente com a realidade, de estrutura de oferta de qualificação de mão de obra, e de politicas de enfrentamento à violência e às drogas. A iniciativa é do mandato do vereador Lairinho Rosado (PSB).
 
 

 
 

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Lairinho participa de Audiência Pública sobre o Nogueirão e o Futebol de Mossoró

(A) Nesta quinta-feira (06), o vereador Lairinho Rosado (PSB) participa na Câmara Municipal de Mossoró da Audiência Pública para discutir a situação do Estádio Nogueirão e do futebol mossoroense. 

A Audiência é de autoria dos vereadores Jório Nogueira (PSD) e Francisco José Jr (PSD). O mandato do vereador Lairinho sempre defendeu ações em prol do futebol profissional e amador de Mossoró.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Lairinho cobra melhorias para Escola Estadual Raimundo Gurgel

(A) A Câmara Municipal realizou, na manhã desta quarta (05), o Projeto Câmara nas Escolas na Escola Estadual Raimundo Gurgel, no bairro Belo Horizonte, a partir de proposição do vereador Jório Nogueira (PSD). Na Sessão, foram discutidas questões como a reabertura do CAIC do bairro, fechado a mais de três anos, e da abertura de uma UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) na comunidade.

A busca por soluções para os problemas da comunidade do Belo Horizonte também deu a tônica do Câmara nas Escolas. Nesse âmbito, o edil Lahyre Rosado Neto (PSB) apontou problemas na Escola Raimundo Gurgel, como o não funcionamento do laboratório de informática e a falta de verbas para recuperação da quadra de esportes da instituição. Segundo o edil, a resolução de tais questões poderia contribuir para que as crianças utilizassem a estrutura da escola a fim de saírem das ruas, onde estarão expostas ao problema das drogas.

Como resultado da Sessão, surgiu a proposta da elaboração de um documento, sobescrito por todos os vereadores, solicitando na próxima reunião com a prefeitura o tratamento urgente dos problemas que implicam no fechamento da UPA do Belo Horizonte. 
Audiência Pública - Amanhã (06), às 9h da manhã, será realizada na Câmara de Mossoró uma Audiência Pública para discutir a situação do Estádio Nogueirão e do futebol mossoroense. A Audiência é de autoria dos vereadores Jório Nogueira (PSD) e Francisco José Jr (PSD). (Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Mossoró).

Larissa quer aperfeiçoar Educação Física nas escolas

(A) Para evitar que a Educação Física continue ministrada em escolas do Estado por professores não-especializados, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) propõe que a função seja exercida exclusivamente por educador físico.
Esse é um dos itens do Projeto de Lei, de autoria dela, que regulamenta prática de Educação Física na Educação Infantil e Educação Básica no Rio Grande do Norte. A matéria iniciou tramitação na Assembleia Legislativa há uma semana.
Larissa justifica que a Educação Física é ministrada por professores das demais disciplinas na Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental, embora não tenham sido preparados tampouco sejam profissionais da área.
“E o Conselho Nacional de Educação Física sustenta que apenas profissionais treinados, notadamente os formados na área, estão aptos a ministrá-la, e que a prática da disciplina e a saúde dos alunos podem ser comprometidas”, alerta.
A deputada reconhece ser notória a presteza dos professores que cumprem o papel, mesmo não sendo da área. “Mas, é necessária a regulamentação para fortalecer a disciplina e garantir desenvolvimento saudável dos alunos”. (Assessoria de Comunicação Larissa Rosado).

terça-feira, 4 de junho de 2013

Lairinho volta a cobrar que Executivo encaminhe LDO para a Câmara‏

(A) Durante a sessão desta terça-feira (03) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) voltou a cobrar que o Poder Executivo encaminhe a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o legislativo mossoroense. Na reunião ordinária do último dia 29, o parlamentar já tinha se posicionado acerca do assunto e chamado atenção para o fato de que a casa deveria adotar uma medida efetiva sobre o caso.

Para o parlamentar, a demora no envio da LDO para a Câmara Municipal é uma “demonstração de desrespeito e desprezo” por parte da prefeitura de Mossoró. “Quero registrar meu protesto e solicitar que a casa tome alguma medida”, acrescentou Lairinho, lembrando que pela Constituição Federal, é obrigatório enviar a LDO até o dia 15 de abril de cada ano e não até 30 de setembro, como versa a Lei Orgânica de Mossoró.

“Já entramos no mês de junho e até agora nada do Executivo enviar ao Legislativo a LDO”, finalizou o vereador. O posicionamento de Lairinho foi reforçado pelo também parlamentar Tomáz Neto (PDT). “A LDO vai chegar em regime de urgência”, alertou o edil. O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), informou que existe um calendário programado para a votação da LDO e que tenta audiência com a prefeita para tratar sobre o assunto.
Esporte amador 

Ainda durante a sessão desta terça-feira (04) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) voltou à defender a necessidade de investimentos no futebol amador da cidade. O posicionamento do parlamentar se deu diante do manifesto do desportista, professor Alex, acerca do importante papel do futebol amador. "Temos sempre defendido que o Executivo firme convênios para apoiar o futebol amador", afirmou Lairinho. "O esporte ajuda a afastar das drogas, aproxima da escola, e ajuda a formar cidadãos", acrescentou o vereador.


Campeões de recebimento da PMM

Eis a lista das empresas que mais receberam dinheiro da Prefeitura Municipal de Mossoró no ano de 2013 até aqui.




  • Sanepav (limpeza pública) - R$ 8.908.426,51 

  • Certa (terceirização de mão de obra) - R$ 3.997.448,73 

  • Hospital Wilson Rosado - R$ 3.295.394,28 

  • APAMIM - R$ 2.997.142,34 

  • Cosern - R$ 2.542.867,29 

  • Centro de Oncologia - R$ 2.251.369,97 

  • Venneza Locadora de Veículos - R$ 1.287.959,76 

  • Clínica de Anestesiologia - R$ 1.063.803,02 

  • ACB Distribuidora de Cartões - R$ 1.050.523,71 

  • Star Service Terceirização - R$ 879.648,02

segunda-feira, 3 de junho de 2013

PL de Sandra prevê regras mais rígidas em vendas

(A) A venda de medicamentos antimicrobianos deve passar por um controle mais rígido. É o que propõe o Projeto de Lei 6492 de 2006, da deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN), que foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e vai agora para apreciação em segundo turno da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); onde, se aprovado, já segue para sanção presidencial.

A proposta prevê que além da retenção do receituário médico na sua dispensação, as drogarias e farmácias precisam escriturar as compras, vendas e estoque de cada apresentação farmacêutica. Para isso, deverão utilizar um livro de registro específico para anotar, em ordem cronológica, todas as movimentações realizadas nos estoques dos medicamentos sob tal controle.

O projeto já foi aprovado em maio de 2009 pela Câmara dos Deputados e recebeu alteração no Senado Federal, por isso o trâmite em segundo turno. "Precisamos evitar o uso abusivo e irracional de antimicrobianos. Tal prática tem-se revelado grave em vários hospitais e que por isso diversas estratégias têm sido sugeridas por especialistas visando minimizar o problema das intoxicações pelo uso inadequado", diz Sandra Rosado.

Pela medida, a notificação de receita tem que ser feita em formulários específicos e diferenciados dos demais medicamentos que não estão sujeitos ao controle especial. Já a estocagem desses produtos deve ser feita em locais especiais, separados dos demais medicamentos. "Minha ideia é exatamente regulamentar a venda dos medicamentos antimicrobianos e assim manter um maior controle na sua prescrição e na sua dispensação, como forma de contribuir para um uso mais racional", justifica a parlamentar. (Fonte: Site O Mossoroense).

Frase

"O Governo que aí está é o pior Governo da história do Rio Grande do Norte." - Deputada Fátima Bezerra 

Gov do Estado deixou de utilizar R$ 76 milhões na saúde do RN em 2012

Deu no Jornal de Hoje:

"Hospitais com corredores superlotados de pacientes por falta de leitos, ausência de médicos, de insumos, de equipamentos e de medicamentos. Mortes evitáveis, atrás de mortes evitáveis. O quadro na saúde pública é caótico e o governo, por mais que tente, não consegue oferecer um serviço de qualidade. Na avaliação do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), o subfinanciamento do setor e a má gestão dos recursos existentes contribuem para o caos. O governo do Estado deixou de aplicar, somente em 2012, R$ 76 milhões. Dinheiro que, na avaliação de especialistas, se bem gerenciado, poderia ter evitado a morte de muita gente, entre adultos e crianças.
“Um dos graves problemas da saúde é o subfinanciamento do setor, responsável direto pela atual situação de deficiência na oferta dos serviços à população. Outro é a má gestão dos parcos recursos. Tão grave quanto o primeiro”, afirma o deputado estadual Fernando Mineiro. Nos últimos dias, o parlamentar tem se debruçado sobre os resultados de uma auditoria operacional elaborada por técnicos do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre o setor de saúde estadual. O quadro é pior do que o que se imaginava, analisa.
Na avaliação do petista, a execução orçamentária dos repasses federais destinados à saúde do Rio Grande do Norte “é a tradução exata da incompetência administrativa que assola o nosso estado”. Ele acresce que, em meio a uma crise sem precedentes e às reclamações sobre insuficiência de recursos, em 2012 a Secretaria de Saúde Pública “deixou de utilizar, no mínimo, R$ 76.264.702,11 em ações de saúde, tais como: pequenas cirurgias, consultas médicas, saúde bucal, transplantes, ações estratégicas ou emergenciais e outros”."

Nota: para ler matéria completa, clique AQUI.

Terra para índio e para agricultura

Levantamento do Governo Federal, feito com ajuda de satélites, mostra que 13% de todo território nacional está ocupada com reservas indígenas.

Menos da metade do que é utilizado pela agricultura.

Nota: a população indígena no Brasil não chega a 900.000 pessoas, segundo censo do IBGE.