sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Proposta de Lairinho sobre Dia Municipal de Combate à Homofobia agora é lei

(A) O Dia Municipal de Combate à Homofobia e à Discriminação Sexual agora é lei em Mossoró. A proposta do vereador Lairinho Rosado (PSB) foi promulgada pela própria Câmara Municipal depois de ser aprovada pelo legislativo mossoroense. A Lei nº 3055 de 19 de agosto de 2013 foi publicada na edição do último dia 23 do Jornal oficial do Município (JOM).

A proposição institui o dia 17 de maio como o Dia Municipal de Combate à Homofobia e à Discriminação Sexual, onde o poder executivo local poderá promover atividades que visem à conscientização acerca dos temas relacionados ao combate à referida prática. A medida estabelece a realização de campanhas sobre a temática nas escolas do Município.
Para o vereador Lairinho, a agora lei tem uma importância social, mesmo com a ausência da participação do poder executivo que se esquivou de sancionar a proposta. "O debate é necessário e, independente de qualquer opinião sobre o tema, precisamos tentar impedir atos de violência e discriminação." O então projeto foi aprovado por unanimidade em sessão da Câmara Municipal de Mossoró no último dia 15 de maio e, diante da neutralidade do executivo municipal, foi promulgado pelo presidente do legislativo.
"É uma forma de colocar Mossoró no eixo desse debate e garantir que nossa cidade tenha uma verdadeira política de conscientização sobre o tema”, acrescentou o parlamentar. A medida determina que a Lei entra em vigor à partir da data da publicação; sendo que a prefeitura tem o prazo de 30 dias para regulamentar a proposta.
 
Como justificativa, a proposição trouxe que, segundo pesquisas, em 2012, o número de assassinatos de homossexuais aumentou 27% no Brasil; o que refletiria uma negação dos direitos dessa minoria. A proposta também explica que a escolha pelo dia 17 de maio se deu pelo fato de que foi nessa data que a Organização Mundial de Saúde reconheceu que a homossexualidade é um estado mental assim como a heterossexualidade e retirou a homossexualidade do rol de enfermidades que até então era considerada como doença ou perversão.

 

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Protesto que pede abertura da UPA do BH acontece amanhã

Deu no blog de Saulo Vale:

"Amanhã, no Dia Nacional de Mobilização e  Paralisação, acontece um protesto em frente a UPA do bairro Belo Horizonte às 7h30.

As centrais sindicais planejam iniciar a concentração em frente a unidade de saúde, inaugurada no mês de dezembro do ano passado, mas sem funcionamento até hoje.
Além da UPA, a mobilização também reivindica melhorias na Educação e Segurança."

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Lairinho integra comissão de vereadores que recebe comitiva de delegados

(A) O Plenário da Câmara Municipal de Mossoró aprovou nesta quarta-feira (28), Moção de Apoio aos policiais civis, em greve por melhores condições de trabalho.Um grupo de delegados esteve na Câmara nesta quarta, a fim de apresentar as razões pelas quais a categoria deflagrou o movimento de greve. 
“Viemos pessoalmente aqui na Câmara porque nos sentimos na obrigação de esclarecer as razões pelas quais estamos em greve e viemos também pedir o apoio dos vereadores para o nosso movimento”, afirmou a delegada da Polícia Civil, Christiane Magalhães, em nome dos policiais grevistas. 

O legislativo mossoroense também garantiu o espaço para os policiais utilizarem a Tribuna Popular na próxima sessão da Câmara, na terça-feira (03), para expor a situação a toda sociedade. 

Lairinho defende benefícios para zona rural de Mossoró

(A) Durante a sessão da Câmara Municipal de Mossoró dessa terça-feira (27), o vereador Lairinho Rosado (PSB) lamentou a falta de água e de estrutura em escola pública do assentamento Terra Nossa.

O posicionamento do parlamentar se deu diante da cobrança da moradora Josefa que utilizou a tribuna para reivindicar ações do poder público em prol da comunidade. "A prefeitura deixa a zona rural de Mossoró completamente abandonada. É preciso que se faça algo antes que a escola caia e cause maiores estragos", afirmou Lairinho.
Ele também lembrou que as deputadas Sandra (federal) e Larissa (estadual) proporcionaram água para o Jucuri. "Pode contar conosco nessa luta", garantiu o vereador à representante do Terra Nossa.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Vereadores apresentam recurso contra implantação da CEI em Mossoró

(A) Um grupo de dez vereadores apresentou nesta terça-feira (27), um recurso contra o ato da Presidência da Câmara Municipal de Mossoró quanto ao recebimento do requerimento de criação da Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar possíveis irregularidades na Folha de Pagamento da Prefeitura Municipal de Mossoró, bem como ato que instalou a referida comissão. 

De acordo com o requerimento, o ato da Presidência não atendeu ao disposto nos artigos 122, §3º, e ao artigo 182 do Regimento Interno, condições sem as quais não se pode instalar a referida comissão. A exemplo do que fez para o recebimento do requerimento que instaurou a CEI, o Presidente da Casa, vereador Francisco José Júnior suspendeu a sessão para discutir junto aos vereadores o teor do documento, e consultar a assessoria jurídica da Câmara. 

A presidência recebeu o recurso, que foi encaminhado para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara. O recurso está sendo analisado pela comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara Municipal de Mossoró. 

Audiência da Saúde e Inauguração Memorial Legislativo

Foi adiada para o dia 12 de setembro a Audiência Pública para discutir “Políticas e Orçamento Público para a Saúde em 2014”, que seria realizada nesta quarta-feira (28). A audiência foi adiada atendendo pedido da secretária de saúde do município, Jacqueline Amaral, que estará fora da cidade cumprindo compromissos agendados anteriormente. 

A inauguração do Memorial Legislativo Mossoroense está mantida para quinta-feira, às 10h da manhã. O Memorial irá homenagear todos os ex-vereadores que já passaram pela Câmara Municipal de Mossoró.

Um Governador

Miguel Arraes governador de Pernambuco, Seixas Dória governador de Sergipe, Mário Lima deputado federal do PSB e presidente do Sindicato dos Petroleiros da Bahia, e tantos outros, foram deportados para Fernando de Noronha logo depois do golpe de 1964.

Arraes no palácio em Recife, Seixas no palácio em Aracaju, Mario Lima no palácio em Salvador, foram intimados a renunciar a seus mandatos sob pena de serem presos. Não renunciaram. Foram presos.

O governador do território, comandante daBase Militar, era o coronel Costa e Silva, que não era parente do então ministro do Exército. O coronel conversava muito com Arraes e Seixas Dória. Perguntou-lhes: - De que é que os senhores sentem mais falta? Arraes e Mario ficaram calados. Seixas brincou: - De um chope gelado, coronel.

Arraes Algum tempo depois, o coronel apareceu à meia-noite no alojamento dos três e convidou-os para um chope no cassino dos oficiais. E explicou: - Chamei-os só agora, a esta hora da noite, porque chegou hoje de Recife um coronel para fazer uma inspeção, pois um jornal pernambucano disse ontem que os senhores não estão presos mas veraneando aqui. 

E ficaram bebendo o chope e conversando coisas. De repente, empurram a porta, entra o coronel inspetor. Todo mundo em silêncio, ele se dirige ao coronel Costa e Silva: - Coronel, estou constatando a veracidade da informação do jornal do Recife de que os governadores estão aqui veraneando.

O coronel Costa e Silva levantou-se: -Coronel, fico satisfeito com seu depoimento, porque se amanhã o senhor for preso, certamente pedirá para vir para Fernando de Noronha, pois sabe que aqui há um comandante que respeita a dignidade humana. Os coronéis saíram e os três continuaram a tomar o chope. 

Eram três homens sem mascara. Como outros pelo País a fora (eu inclusive), Arraes, Seixas, Mario, preferirem honrar os mandatos que receberam do povo em vez de negociá-los por uma humilhante liberdade. Os homens públicos se definem assim. Na hora da decisão, têm que ter a coragem de ficar sem máscara. Para cobrar dos outros que fiquem também.

* Sebastião Nery para o DCI

Atrasos inviabilizam Centro de Oncologia

Dias atrás, na oportunidade da entrega do Hospital da Solidariedade (Hospital do Câncer), a prefeita de Mossoró e a governadora do RN apareceram cercadas por centenas de ocupantes de cargos comissionados da Prefeitura e do Estado para protegê-las e bater palmas.

O hospital, diga-se de passagem, é uma conquista da sociedade, pois foi quase todo construído com recursos oriundos de doações de empresários, comerciantes e de toda comunidade.

Governo e Prefeitura participaram muito pouco dessa construção.

Agora, o Centro de Oncologia, espécie de braço de apoio no tratamento dos doentes de câncer, está com as atividades paralisadas.

Além de promessas não cumpridas, o município retém repasses a que o hospital tem direito.


segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Fátima será candidata independente de apoio de outros partidos

Em entrevista ao programa RN Acontece da Band na semana passada, a deputada federal Fátima Bezerra disse que sua candidatura ao Senado Federal independe de apoio de outros partidos. A deputada afirmou que o projeto não é dela, é da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores.

Campeã de votos nas eleições de 2010, Fátima é o nome mais forte hoje, ao lado de Wilma de Faria, segundo pesquisa recente, na disputa pela cadeira hoje ocupada pelo senador Garibaldi Alves "pai".

Ao afirmar que não precisa de apoio de outros partidos para ser candidata, Fátima fala algo que é óbvio. A pessoa só precisa da legenda para se candidatar. Já ser eleito são outros 500. 

O PT vai sair sozinho? Quem será candidato ao Governo? Quem serão os candidatos à Câmara dos Deputados e à Assembléia Legislativa?

Fatima Bezerra é, com apoio do planalto e dos ministérios, uma excelente parlamentar. Ninguém duvida da luta dela pelo RN. Este fato por si só já lhe dá credenciais para almejar a vaga, mas por ter sido a mais votada na última eleição não quer dizer que seja dona da vaga para o senado.

Ameaça de morte

Quem traz a informação é o blogueiro Carlos Santos (AQUI).

"Vocês estão se arriscando; vocês estão mexendo em coisa muito séria. Isso vai dar em morte – chegou a intimidar um vereador governista diante de um oposicionista, em meio à sessão de quarta-feira (21)."

Isso é grave. Mossoró precisa saber quem é esse valente.

Eu não estava na Câmara na hora da leitura do requerimento de instalação da Comissão Especial de Inquérito que visa apurar possíveis irregularidades na folha de pagamento da Prefeitura Municipal de Mossoró.

Atendendo convite da FIERN, CODERN, Sebrae e outras entidades, estava me dirigindo para Areia Branca, onde acompanhei visita ao Porto Ilha.

Vou procurar mais informações.

Lairinho faz mais cobranças por melhorias estruturais para Mossoró

(A) Durante recentes sessões da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou mais cobranças por melhorias estruturais para diferentes bairros da cidade. Dentre as medidas propostas, o parlamentar solicitou a construção de uma Escola Técnica Profissionalizante na área da Favela do Fio.
 
Outras propostas apresentadas pedem pavimentação de ruas no Planalto Treze de Maio; do Conjunto Promorar; da própria Favela do Fio; na Pousada das Thermas; e na estrada que dá acesso ao sítio Senegal, na zona rural do município.

Além disso, Lairinho também cobrou a instalação de refletores e telas de proteção nos campos de futebol no Parque das Rosas e no Carnaubal; e a construção de uma praça poliesportiva na Pousada das Thermas.

sábado, 24 de agosto de 2013

E a UPA?

Inaugurada em dezembro com gastos elevados com banda e propaganda, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Belo Horizonte continua fechada.



Não caberia responsabilizar criminalmente quem criminosamente mentiu para o povo humilde? 

Quem torrou dinheiro público com inauguração de uma UPA que não atendeu sequer um doente até hoje? 

Desabafo que quem acreditou

Recebo e transmito para vocês o comentário de quem um dia acreditou...


"Triste demais para expressar-me em palavras...(nomeação da guarda) 
Quando a Lei não prevê a tirania, nem o mal caratismo, as vezes até, o resultado é sempre drástico e lamentável. Sonhos são tolhidos, dilacerados, afogados forçosamente, como quem queria viver e não conseguiu nadar. 

Agora a ficha caiu... a "prefeita" de Mossoró, numa manobra esdrúxula e politiqueira, brincou com os sonhos e o futuro de 87 pessoas, deixando-os em descalabro total, quando desenebria suas verdadeiras ações, quanto à nomeação do grupo de guarda-alunos: a manobra política foi tão somente por estar em pleno pleito, que fora anunciada a convocação de 100 candidatos para o curso de formação, (onerando o município), para tanto, mostrar sua verdadeira intenção agora, como um manto nebuloso que encontrava-se no olhos brilhantes cheio de esperança, dos candidatos,porém envoltos numa armadilha pitônicos, e que os acordam para o pesadelo. 

Com uma postura néscia e irresponsável, ultraja mais ainda esse capítulo da história política de Mossoró. Uma cidade onde ainda não houve alternância de poder, salvo engano, e mesmo com esse perigo da falta de alternância, em minhas experiências pelo o município, jamais, presenciei tanto descaso ladino, gatuno. 

O verdugo de tal ato, atordoou a todos: candidatos, esposas, esposos, filhos, enfim... De forma que além de um ato pérfido, mexe profundamente com o brio psicológico dos atingidos. 

São atos de tom vilanio que não queremos mais, são mais do mesmo os governantes que ai estão e que abominamos, e em tão força junta, tanta representação de fraqueza em nossas massas....

NÃO ENCONTRAMOS A MEDIDA DA SABEDORIA, NEM DO PODER QUE TEMOS EM MÃO, ENTÃO SUCUMBIMOS! Eis o perigo a que estamos expostos: "Os governantes deveriam usar da ética e a moral legal, quanto às brechas da lei, e não usar das brechas para seus subterfúgios matreiros" - 

Nélio Azevedo...com muito pesar!"

Mudando de embarcação

Muitos políticos do RN estão mudando de partido nesse período que antecede a data limite para tal.

Ricardo Motta e Raimundo Fernandes estão deixando o PMN; Vivaldo Costa está deixando o PR; Gilson Moura está deixando o PV; Kelps Lima já deixou o PR... O destino deles é o PP, comandado por Ricardo Motta, presidente da Assembléia Legislativa, através de seu filho, o vereador Rafael Motta, que deverá ser candidato a deputado federal.

O deputado Ezequiel Ferreira saiu do PTB depois de ser destituído do comando estadual da sigla. Deve ir para o PMDB.

Outra figura de relevo que está mudando de partido é a prefeita de Mossoró, Fafá Rosado, que deixa o DEM, depois de usá-lo como uma espécie de barriga de aluguel. Seu destino também deverá ser o PMDB.

Nota: outras mudanças podem acontecer envolvendo parlamentares federais e/ou estaduais. Anotem.

Vice-prefeito do PMDB desmente médico do PMDB

O vice-prefeito Welington Filho, do PMDB, disse no programa Cenário Político que a Prefeitura tem interesse em ajudar o Hospital da Solidariedade, mas que só pode ajudar "dentro da legalidade" e que o responsável pelo hospital, médico Cure Medeiros, filiado ao PMDB, sabe disso.

Disse também que era "um absurdo" dr. Cure dizer que fora pressionado para não tornar público o atraso dos repasses à instituição.

Nota: o vice prefeito insinua ou afirmou diretamente que dr. Cure quer repasses ilegais?

Ele talvez não saiba, mas o médico não foi o único pressionado a não falar das dificuldades enfrentadas. 

Os aprovados no concurso da Guarda Civil, convocados a dois dias das eleições 2012 e que nunca chegaram a ser nomeados, foram ameaçados. Caso continuassem procurando vereadores de oposição ou fossem à imprensa, "as coisas só iriam piorar".

Nota2: para o vice-prefeito ou qualquer outro interessado, aqui está o link para a página criada pelos aprovados no concurso com todos os detalhes dos problemas enfrentados - https://www.facebook.com/prefeitacadevoce

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Pesquisa Eleições 2014 - Wilma lidera em todos os cenários

Na pesquisa encomendada pela Band Natal, realizada em todas as regiões do Estado, a ex-governadora Wilma de Faria lidera em todos os cenários.





Pesquisa quentinha - mídia

Recebemos esta semana duas pesquisas que me deixaram bastante feliz e certo de que o trabalho tem valido à pena.

Uma pesquisa, a de mídia, realizada pelo instituto Consult, mostra uma ótima situação para...

TV Mossoró, onde, como colaborador voluntário, apresento o programa Observador Político e presto assessoria de comunicação e programação;

FM Resistência 93,7, onde, também como voluntário, apresento o Observador Político e ajudo com assessoria de programação;

Jornal O Mossoroense, onde coopero com a administração e escrevo aos domingos...

Nota: por se tratar de pesquisas que servem para balizar os trabalho e traçar estratégias administrativas, de comunicação e programação, não posso revelar maiores detalhes.

O que posso dividir com os amigos aqui do blog é que os três veículos além de crescer, consolidaram suas posições.

Nota2: na mídia rádio houve uma grande surpresa. Duas emissoras AM tiveram queda significativa em audiência e uma terceira emissora AM aumentou consideravelmente sua audiência.

Lairinho apresenta emenda à Lei Orgânica que beneficia estudantes

(A) Com o fim de proporcionar maiores benefícios para estudantes que utilizam o transporte público em Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou durante recente sessão da Câmara Municipal um Projeto de Emenda à Lei Orgânica que assegura direitos dessa parcela da sociedade.

A proposta, que altera a redação do inciso II do artigo 202 da Lei Orgânica do município de Mossoró e dá outras providências, amplia a percepção da política de transporte escolar ao possibilitar que o poder público aumente a teia de assistência à educação.
O Projeto de Emenda à Lei Orgânica trata da Tarifa Social, assegurada a gratuidade aos maiores de 60 anos, desde que reconhecidamente pobres, e assegurado o desconto de 50% aos estudantes em geral, com gratuidade total aos estudantes da rede pública de ensino ou bolsistas da rede privada.   
Como justificativa, a proposição traz que a educação enquanto política social é direito de todos e dever do Estado em todas as esferas de governo. “Essa Lei atende a preceitos defendidos na Constituição Federal de garantia da educação e de manutenção do aluno na instituição de ensino.”
A proposta destaca ainda que o autor da iniciativa reconhece os serviços prestados pela Prefeitura de Mossoró no que se refere ao transporte escolar, mesmo com limitação; mas, ressalta que uma verdadeira política de acesso à educação compreende desde a existência de vagas até mecanismos que permitam o estudante ir à escola. O Projeto foi encaminhado para análise das respectivas comissões do legislativo mossoroense.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Câmara de Mossoró instaura CEI para investigar possíveis irregularidades na folha de pagamento da prefeitura

(A) A Câmara Municipal de Mossoró instaurou, nesta quarta (21), Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar possíveis irregularidades na folha de pagamento da prefeitura municipal de Mossoró. 

O requerimento para a instalação da CEI é de autoria dos vereadores: Jório Nogueira (PSD), Tomaz Neto (PDT), Vingt-un Neto (PSB), Genivan Vale (PR), Luiz Carlos (PT), Soldado Jadson (PT do B) e Lahyre Rosado Neto (PSB). 
 A Comissão será formada pelos seguintes edis: Vingt-Un Rosado (Presidente); Tassyo Mardonny (Relator); Alex Moacir (Membro) e Flávio Tácito (Suplente). 

Por questões éticas e regimentais, os vereadores que também são servidores da prefeitura não irão participar da Comissão. (Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Mossoró).

Larissa defende diálogo para evitar greve de delegados

(A) A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) faz parte de comissão na Assembleia Legislativa que intermedeia diálogo entre Governo do Estado e delegados, a fim de evitar greve geral da categoria, a partir da próxima quinta-feira.
Nesta terça-feira, na Assembleia, ela e o presidente da Casa, Ricardo Motta (PMN), receberam membros da Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol/RN), e asseguraram articulação em busca do consenso.
“Os pleitos dos delegados precisam ser atendidos para melhorar a precária situação das delegacias. Por isso, insistiremos que o Governo dialogue com a categoria e veja de que forma atender essas reivindicações”, diz Larissa.
ITEP
Na sessão da Assembleia desta terça-feira, a deputada lembrou que tem feito apelo, nos últimos meses, para que o Executivo ouça os servidores, dialogando sobre os pleitos e acatando as reivindicações na medida do possível.
Entre essas demandas dos servidores em greve, está o Estatuto do Itep. “Requeremos que o Governo encaminhe o Estatuto à Assembleia, pois resolverá vários problemas da segurança pública do Estado”, observa Larissa.

Bateu, levou!

Que a relação de Dilma Rousseff com o Congresso não é boa, disso todo mundo já sabe...

Que Dilma Rousseff é "durona" com os ministros, todos já sabem...

A novidade é que, depois de se ver obrigada a colocar de volta na Esplanada dos Ministérios aqueles que foram expulsos por acusações de corrupção e de ver sua popularidade despencar, a presidenta está tentando, digamos, ser mais gentil...

Diz a Folha de São Paulo de hoje que "na reunião com líderes da Câmara, segunda-feira, o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) disse que o projeto do governo sobre royalties só previa recursos para a educação após quatro anos.",

Santinho 2 "Isso é conversa fiada!", reagiu a presidente, se levantando. Albuquerque retorquiu: "Espero que a senhora não esteja dizendo que a conversa fiada é minha". Já sentada, Dilma negou: "Que é isso, Betinho?"

La Marseillaise

Numa época de revolução francesa, o hino composto e cantado na loja maçônica de Marselha, que prega liberdade para adorar qualquer deus, igualdade entre nobres e plebeus e fraternidade entre os membros do mesmo grupo, virou hino nacional da França.

Na minha opinião, dos mais belos do mundo.


Cômico se não fosse trágico

Médicos dos Hospital Regional Tarcísio Maia foram à delegacia de Polícia para fazer um Boletim de Ocorrência.

Queriam se resguardar. 

Como não tinham condições de trabalho, não queriam ser responsabilizados pelos problemas de falta de condições de trabalho.

Pois ao chegar à delegacia eles não puderam fazer o B.O. porque a Polícia estava de greve.

Seria cômico se não fosse trágico.

Candidato a candidato II

Já ouço meu pai, ex-deputado Laíre Rosado, repetir por diversas vezes que não há nada melhor do que ser "candidato a candidato".

Ora, o candidato a candidato não precisou desembolsar recursos para pesquisas, carros de som, marketing, produtora de vídeo, combustível, etc, etc, etc... 

Também não precisa ouvir desaforo de pretenso aliado ou se submeter ao crivo de eleitor. Possíveis adversários também não batem em você, afinal, você é apenas candidato a candidato.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Briga entre Barbosa e Lewansosky

Deu na Folha de São Paulo:

"'Multissecular' A pior briga entre Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski desde o início do julgamento do mensalão continuou no Salão Branco, atrás do plenário do Supremo Tribunal Federal. "Vossa Excelência não vai fazer comigo o que fez com o ministro Britto!", interpelou o presidente do STF, dedo em riste, acusando Lewandowski de tentar atrasar o julgamento lendo "artigos de jornal". O revisor do mensalão rebateu: "O senhor me respeite! Isto aqui é uma corte de tradição multissecular!". 

 Tem mais Na mesma discussão, Lewandowski perguntou se Barbosa achava que seu voto era de "moleque". O presidente do STF respondeu afirmativamente, o que acirrou os ânimos. 

Calma, gente Gilmar Mendes e Celso de Mello tentaram acalmar a dupla. Mais tarde, alguns ministros foram prestar solidariedade a Lewandowski em seu gabinete, como Luiz Fux."


Nota: Na minha opinião, Joaquim Barbosa tem milhares de méritos, mas precisa ser humilde e aceitar que nem tudo o que ele pensa é a única verdade absoluta e que outras pessoas podem discordar dele e nem por isso estarem cometendo um crime. Ele preside um poder onde há pensamentos diferentes..

Frase

"Renan chama meu discurso de 'strip tease', mas não costumo deixar as coisas escondidas por debaixo dos panos. Não me cheira bem."  Senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), sobre a comparação entre seu desabafo no plenário a um "strip tease público", feita por Renan Calheiros.

Governo Federal garante R$ 1,2 milhão pra oncologia

Diante dos atrasos e dificuldades impostas pela Prefeitura de Mossoró para o funcionamento do Hospital da Solidariedade, encabeçado pelo médico Cure Medeiros, os usuários podem ficar um pouco aliviados.

É que o Governo Federal garantiu, através da Portaria 1.701 de 15 de agosto de 2013, o repasse anual de pelo menos "R$ 1.260.000,00 (um milhão duzentos e sessenta mil reais), a ser incorporado ao Limite Financeiro de Média e Alta Complexidade do Estado do Rio Grande do Norte e do Município de Mossoró (RN).

Art. 2º O Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência regular e automática, do montante estabelecido no art. 1º, em parcelas mensais, para o Fundo Municipal de Saúde de Mossoró (IBGE 240800).
...
Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
ALEXANDRE ROCHA SANTOS PADILHA"

Nota: o Governo Federal tem feito há anos repasses milionários para custear a saúde em Mossoró, mas ainda encontramos muitos problemas de gestão por aí.

Capas: O Mossoroense e Tribuna do Norte

Em junho de 2011, o jornal O Mossoroense circulou com essa capa...


O jornal Tribuna do Norte hoje circula com essa...


Nota: a barbárie que o jornal natalense descobriu agora, o povo mossoroense já sente na pele há muito tempo.

Digo aqui há muito tempo que em Mossoró, Chuva de Bala não é apenas um espetáculo teatral, mas um fato cotidiano na vida da Capital do Oeste.


Governo do Estado não recorre e continua com propaganda bloqueada

Causou frisson em muita gente a decisão do juiz Marcus Vinícius, da comarca de Currais Novos, que bloqueou os recursos orçamentários do Governo do RN destinados à propaganda.

O bloqueio do dinheiro seria destinado para custear despesas médicas de pacientes.

O tempo passou, o caso específico que motivou o bloqueio do recurso teve outro bloqueio de valor suficiente para o tratamento...

E o Governo do Estado não recorreu da decisão. Continua com os recursos da propaganda bloqueados.

Das duas, uma: não tem o que mostrar ou está usando a decisão como desculpa para não pagar os veículos de comunicação.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Lairinho reafirma luta pela gestão participativa

(A) “É importante que a população possa participar das decisões que são tomadas pelo poder público.” Com essas palavras, o vereador Lairinho Rosado (PSB) externou sua preocupação com a necessidade de que a sociedade civil tenha um papel ativo na formulação e execução de políticas públicas.

O posicionamento do parlamentar foi exposto durante sessão da Câmara Municipal de Mossoró desta terça-feira (13), quando foi votada a mensagem de veto nº 24/2012 referente ao projeto de lei nº 102/2012, que dispõe sobre exigência de audiência pública para a instalação de equipamentos medidores de velocidade nas vias públicas.
Na ocasião, o veto, de iniciativa do Poder Executivo, à proposta de Lairinho foi mantido por 11 votos favoráveis da bancada governista. O vereador lamentou a decisão. “É lamentável que ainda observem quem apresenta a proposta e não a finalidade”, disse ele. “Pois, é importante que a população possa opinar, consolidando assim uma plena gestão participativa”, acrescentou o parlamentar.

O projeto de lei de iniciativa de Lairinho previa que o Executivo realizaria audiências públicas nas comunidades para, ouvidos todos os interessados, fosse explicado aos usuários todas as razões pelas quais o radar seria instalado. “O objetivo principal é dar conhecimento à população dos critérios adotados”, finalizou ele.

Frase

"Ele tem maioridade, tem um partido político, portanto não se trata de alguém trair alguém. Se o Eduardo Campps quiser ser candidato ele vai ter meu respeito. Eu gostaria de conversar com ele, tenho certeza de que ele vai conversar comigo. E eu acho que temos que estar juntos porque o Brasil precisa que nós estejamos juntos" - Ex-presidente Lula

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Bancada não quer audiência pública para debater instalação de radares

Em nosso primeiro mandato apresentamos um projeto para que fosse necessária a realização de audiências públicas antes da instalação de radares de velocidade na cidade de Mossoró.

O objetivo principal é dar conhecimento à população dos critérios adotados e evitar a indústria na multa.

A mensagem de veto estava adormecido na sala das comissões da Câmara Municipal.

Hoje, os vereadores da bancada governista votaram contra o projeto. Não querem que a população tome conhecimento dos reais motivos para instalação de radares de velocidade.

Nota: o projeto previa que o Executivo realizaria audiências públicas nas comunidades para, ouvidos todos os interessados, fosse explicado aos usuários todas as razões pelas quais o radar seria instalado.

AFLAM promove encontro

A Academia Feminina de Letras e Artes Mossoroense (AFLAM) realizará o I Encontro Estadual das Academias e Entidades Afins nos dias 15 e 16 de agosto, sendo a abertura às 20h do dia 15 no Hotel Thermas.

PSDB realiza pesquisa para Presidência

Deu na coluna Painel, Folha de São Paulo:

"Aperto O PSDB também contratou uma pesquisa de intenção do voto, feita pelo instituto Ideia. Nela, Dilma Rousseff aparece com 29,8%, seguida por Marina Silva (25,1%), Aécio (16,6%) e Eduardo Campos (5,3%)."

Ministra do TSE muda sentença do TRE e Larissa está livre de todas as multas

Deu em O Mossoroense:

"A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) reverteu mais uma multa no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) relativa a acusação de propaganda eleitoral extemporânea.

A decisão monocrática da ministra Luciana Lóssio modificou sentença do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) que a multou por comentário relativo ao desemprego em Mossoró durante o programa "Larissa e Você".

Para a magistrada, uma coisa é relatar o problema da falta de qualificação profissional, outra é associar isso à disputa eleitoral. Não foi caso para ela. "Nos dizeres transcritos pelo TRE/RN, vislumbra-se apenas o tratamento de temas de interesse comunitário, não se verificando associação com o pleito eleitoral vindouro e nem argumentos para ressaltar as qualidades da responsável pelo programa e denegrir a imagem de adversários políticos. Segundo a jurisprudência do TSE, esses elementos são essenciais para a configuração de propaganda eleitoral antecipada, já que, para tanto, não basta a mera realização de críticas e discussão sobre temas de interesse político-comunitário", atestou.

Essa é mais uma multa revertida no TSE. Em todos os casos a multa teve origem em sentença do juiz Herval Sampaio Junior e mantida pelo TRE. Em todas as oportunidades, a defesa de Larissa conseguiu reverter a situação.

Houve uma sentença que o Jornal De Fato, ligado aos interesses do Palácio da Resistência, tentou induzir os leitores que a manutenção da multa no TSE significaria a perda dos direitos políticos de Larissa. Na oportunidade, a própria ministra Luciana Lóssio modificou a decisão em um agravo regimental.

Com isso, todas as multas contra Larissa estão revertidas. O detalhe é que as punições inspiraram os advogados de Cláudia Regina (DEM) a entrarem com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) por abuso de poder midiático. O juiz Herval Sampaio cassou o registro de candidatura de Larissa. O processo está no TRE.

Para o advogado Marcos Araújo, a reversão das multas indica que Larissa deverá ser inocentada. "A tendência é que ela seja absolvida na AIJE que está em Natal (leia-se TRE)", acrescentou."

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Artigo: Do discurso à prática

(A) Ao passar pelo Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, o papa Francisco surpreendeu aqueles que, assim como eu, pouco ou quase nada sabiam a seu respeito, pela sua simplicidade e humildade. Esses hábitos não são de hoje, não são de faz de conta, não são para mostrar o que não é. O Santo Padre age em consonância com o que diz. De hábitos simples, andava de transporte público quando era cardeal na Argentina e hoje mora na Casa Santa Marta, onde moram outros membros da Igreja Católica.

Anos atrás, Joaquim Barbosa, ministro do Supremo Tribunal Federal, ganhou milhares de fãs no Brasil inteiro ao enfrentar o então polêmico presidente da Casa, ministro Gilmar Mendes, e dizer-lhe em uma discussão: “Vossa Excelência está destruindo a Justiça deste país e vem agora dar lição de moral em mim. Saia à rua, ministro Gilmar.” Quando jovens saíram às ruas de Mossoró protestando pela falta de ações na mobilidade urbana da cidade, pedindo obras e atitudes para melhorar as condições daqueles que utilizam transporte coletivo, a prefeita da cidade resolveu remanejar R$ 1.539.000,00 para propaganda, dos quais R$ 500.000,00 saíram justamente da Subsecretaria de Trânsito e Transporte, responsável por atender a principal demanda dos manifestantes.

O sistema de saúde do Rio Grande do Norte está um caos. Já foi notícia nos grandes jornais do país e a cada dia vemos uma situação mais degradante. Na semana retrasada, um juiz bloqueou os recursos públicos estaduais destinados à propaganda para que fossem usados na Saúde. Marcus Vinícius Pereira Júnior alegou que em 2011 a governadora gastou R$ 16 milhões em propaganda e investiu apenas R$ 11 milhões na saúde. O magistrado se assustaria mais se visse os gastos com publicidade do ano de 2012, que ficaram em R$ 26 milhões. Um empresário simula envio de produtos para o exterior somente para gerar crédito de importação e sonegar impostos, não paga direitos trabalhistas, passa por cima de diversas leis e depois vai para a imprensa cobrar honestidade dos governantes. Isso é coerência?

Em um ano que entrará para a história como quando aconteceram osmaiores protestos já registrados no país, uns parecem ter entendido orecado das ruas, outros nem tanto. A diferença entre o discurso e a prática é antiga, muito mais do que o dito popular “faça o que eu digo e não faça o que eu faço”. Apontar o dedo para o próximo parece mais fácil do que revisarmos nossos próprios defeitos e erros, seja na esfera política, seja na religião, no ramo empresarial ou até mesmo na família. Sair da retórica e entrar na prática parece ser impossível para algumas pessoas. Na gestão pública, há um complicador para pessoas que adotam estas práticas: a velocidade da informação e as redes sociais. As leis que obrigam que seja dada transparência municiam de informações todos aqueles que assim desejam e, mesmo que gestores tentem esconder, muitas informações chegam ao conhecimento da sociedade.

É bem verdade que há sociedades ignorando desmandos em nome do status quo, das benesses pessoais e vantagens oferecidas. Mais cedo ou mais tarde essa situação tende a acabar e talvez seja tarde. Como disse o papa Francisco, “um jovem que não protesta não me agrada”. Se a sociedade não se mobiliza, se as massas não defendem seus direitos, continuarão marginalizadas. Nos dias de hoje, todos se preocupam com manifestantes. O STF não quer prolongar o julgamento do Mensalão por temer ocupação da Praça dos Três Poderes por manifestantes, a prefeita de Mossoró e a governadora do RN têm andado cercada por claques para abafar possíveis vaias, alguns políticos pararam de utilizar-se de avião oficial para passeios, o Governo Federal voltou atrás de decisões tomadas sem negociação. Tudo isso fruto das manifestações ocorridas no país.

É importante que todos ouçam o que diz a voz rouca das ruas. Padres, juízes, políticos, médicos, estudantes, professores, empresários... Todos devemos ter nas nossas ações atos condizentes com o que pregamos. (Fonte: Jornal O Mossoroense de 11 de agosto de 2013).

Governo Federal libera R$ 2,6 milhões para sistema adutor do Jucuri

O Ministério da Integração autorizou o repasse de R$ 2,6 milhões para a execução da obra do sistema adutor do poço do Jucuri que vai abastecer cerca de dez comunidades rurais do município de Mossoró. Hoje, a deputada federal Sandra Rosado (PSB) se reunirá com o diretor do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS), Emerson Fernandes, para discutir a agilidade do processo de licitação da obra.

A informação da liberação do recurso foi dada pelo próprio ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante encontro com a parlamentar na última semana em Brasília.

A perfuração do poço do Jucuri custou ao Governo Federal um investimento inicial da ordem de R$ 1,8 milhão. Com a ampliação, quase 1200 famílias das comunidades de Barreira Vermelha, Santa Rita, Guarujá, Bela Vista, São José I e II, Vingt Rosado, São Cristóvão, Cabelo de Negro e Cheiro da Terra também realizarão o sonho de poder contar com água potável.

O poço do Jucuri é tubular e tem 600 metros de profundidade com capacidade para produzir uma média de 50 mil litros de água por hora. Como o poço foi projetado para alcançar o subsolo até o Arenito Açu, as famílias podem contar com água potável e em abundância. “Com o recuso liberado agora é trabalhar para que o processo licitatório saia o quanto antes e finalmente o sistema adutor do Jucuri possa levar água de qualidade para as famílias que aguardam há tanto tempo”, ressalta Sandra Rosado.

*Com informações da assessoria da deputada

Eremildo, o idiota

Por Elio Gaspari, para a Folha de São Paulo:

"Eremildo é idiota e hipocondríaco. Por isso, jamais brigou com médico. O cretino viu que muitas cabeças coroadas da medicina nacional, bem como associações de classe, meteram-se numa luta feroz contra a vinda de médicos estrangeiros para o mercado brasileiro. Por hipocondríaco, apoia todos os doutores.

Por idiota, acha que em pelo menos um caso deve ser importado um médico estrangeiro para a Maternidade Ester Gomes, de Itabuna (BA). Lá, o marido de Joelma Sousa Rocha foi achacado pelo médico Luís Lei, que lhe cobrou R$ 1.200 para fazer o parto da jovem. Ele tinha duas horas para trazer o dinheiro, ou nada.

Denunciado o episódio, o doutor, que tem vinte anos de casa, devolveu o capilé, mas o hospital informou que nada lhe acontecerá além de uma advertência, pois faltam obstetras no estabelecimento. Há doze.

O idiota não viu manifestação de médicos ilustres ou associação de profissionais relacionada com esse caso."

Frase

"O que a pesquisa mostra é que todos os candidatos que não são Dilma Rousseff ou Marina Silva precisam falar mais com o povo" - Deputado Sérgio Guerra (PSDB-PE)

Oposição em outras democracias

Um dos modelos democráticos de outros países que mais acho interessante, é o inglês.

Lá, o partido que faz maioria no parlamento, ou Casa dos Comuns, aponta o Primeiro Ministro, que por sua vez indica quem irá para os ministérios.

O que faz a oposição? Também indica "ministros", os "ministros sombra" (tradução livre direta). Não é brincadeira. Chama-se assim porque eles não tem estrutura de ministério ou qualquer influência sobre as ações dos ministérios do governo, mas têm a função exclusiva de fiscalizar os respectivos ministério. Por exemplo, o "ministro sombra"  da Defesa tem a função exclusiva de fiscalizar o Ministério da Defesa.

Fiscalizar não é só ser do contra. É também um papel importante em qualquer democracia e esse é um dos principais papéis das oposições.

sábado, 10 de agosto de 2013

Lairinho propõe exibição de mensagens antidrogas em cinemas, shows e eventos culturais

 (A) Com o fim de contribuir para o processo de conscientização contra o uso de entorpecentes, o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou nesta semana durante sessão da Câmara Municipal de Mossoró um projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de exibição de mensagens antidrogas nos cinemas, nas aberturas de shows e eventos culturais.

Através da proposição nº 125/2013, o parlamentar pretende tornar obrigatória a exibição de mensagens educativas antidrogas, para fins de acesso à informação, prevenção e combate ao uso de substâncias alucinógenas, na abertura de eventos culturais com aglomeração de público na cidade.  O teor do projeto traz que entende-se por eventos culturais as sessões de cinema, teatrais e de dança, bem como outros acontecimentos similares.
O conteúdo da proposição também detalha que as referidas mensagens deverão ter duração de, no mínimo, um minuto; serem feitas em vídeo ou áudio de forma permitir a perfeita apreensão de seu conteúdo por todo o público presente no local; e com a criação das peças sob responsabilidade preferencial do Poder Público, seguida das empresas administradoras.

O projeto também especifica que as informações à serem veiculadas nas mensagens deverão abordar temas como consequências do uso de drogas lícitas e ilícitas; uso indevido de medicamento;  drogas e sua relação próxima com a violência, prostituição e acidentes; dependentes de drogas e chances de recuperação; e conseqüências do uso da bebida alcoólica.  A proposta estabelece que o descumprimento da medida pode resultar em penalidades como advertência, suspensão de atividades e cassação de licença.

Para Lairinho, a iniciativa é de suma importância. “Tal projeto de lei é apenas uma das medidas entre tantas com o intuito de prevenir. Tenho certeza que contribuirá no combate à proliferação das drogas.” O referido projeto de lei desceu para análise das respectivas comissões do legislativo mossoroense.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Simpósio Espírita


Nos dias 10 e 11 deste mês será realizado a 13ª edição do "Simpósio Espírita de Mossoró". O evento, que ocorrerá no auditório do Serviço Social da Indústria (Sesi), é promovido pela Sociedade Espírita Joanna de Ângelis. 
O Simpósio tem como tema "Mediunidade e Família - Caminhos do Amor", que será debatido pela conferencista Ana Guimarães, vice-presidente do Grupo Espírita Caminho da Esperança, no Rio de Janeiro (RJ).  Espírita de longa data, Ana destaca-se como expositora, proferindo conferências no Brasil e no exterior. É, ainda, autora de peças de teatro espírita. 
            Conforme o coordenador do Simpósio, Sérgio Sales, a abertura será no sábado, 10, com a palestra sobre o subtema "Mediunidade: Esperança e consolações". Logo após terá um momento de perguntas e respostas, seguido com o momento de encerramento da programação do dia. 
            As atividades seguem no domingo, 11, a partir das 8h 30, onde será debatido o subtema "Contribuição da mediunidade para a harmonia da família", também seguido por um momento de perguntas e respostas. Logo após, terá o encerramento que contará com apresentações culturais. 
Sérgio Sales destaca que na sexta, dia 09, as 20h , será realizada uma mesa redonda com Ana e os dirigentes das casas espíritas da cidade, na União Espírita Cristã (UNEC).

O coordenador destaca que o Simpósio tem como objetivo divulgar o conhecimento espírita, aprofundando o debate na questão da mediunidade. 
Ele informa que as inscrições para participar do Simpósio já estão abertas e podem ser feitas nos Centros Espíritas de Mossoró. A taxa de inscrição é de R$ 15.

Oposição cobra detalhamento de projetos solicitando financiamentos

(A) Norteado pelo papel fiscalizatório que cabe ao poder legislativo, a bancada oposicionista da Câmara Municipal de Mossoró cobra o detalhamento de Projetos de Lei do Poder Executivo autorizando a prefeitura à contratar financiamentos. Os vereadores que não integram o grupo situacionista querem que o Município informe como e onde são aplicados tais recursos contraídos em empréstimos.

Em meses anteriores, a Prefeitura de Mossoró obteve autorização do legislativo para obter um empréstimo de quase R$ 40 milhões, sob a justificativa de que o montante seria direcionado para pavimentação asfáltica de 159 ruas da cidade. No entanto, passado esse amplo período, a bancada oposicionista ainda não teve acesso à informações simples, como os nomes das ruas que teriam sido beneficiadas com os investimentos.
Diante desse quadro, durante a sessão desta quarta-feira (07), os parlamentares que não fazem parte do governismo, voltaram à reforçar a cobrança acerca de informações relacionadas à esse empréstimo para pavimentação asfáltica. O vereador Tomaz Neto (PDT) aproveitou a ocasião para apresentar um Requerimento Oral solicitando que o poder Executivo detalhe a identificação das vias públicas que teriam recebido o benefício.
Para o vereador Lairinho Rosado (PSB), a situação é preocupante. “Não foi dado até hoje o direito à Câmara Municipal de saber quais teriam sido essas ruas. Há denúncias de que ruas que constam como pavimentadas e na verdade não estão”, destacou ele, lembrando que a bancada governista tem derrubado os requerimentos que solicitam tais informações.  

E nesta semana, a Prefeitura de Mossoró voltou à solicitar a autorização do legislativo para contrair mais um empréstimo. Na sessão desta terça-feira (06), a pauta trouxe três Projetos de Lei do Executivo, incluindo um pedido de autorização para contratar financiamento no valor de R$ 39 milhões para ‘requalificação da Av Rio Branco, como parte do Plano Geral de Mobilidade Urbana do Município de Mossoró’.

“Vale salientar que busquei no Plano de Mobilidade Urbana e não achei nada detalhado sobre essa tal de ‘requalificação”, acrescenta Lairinho, ressaltando que vereadores da oposição estão pedindo maiores detalhes sobre o que exatamente significa essa ‘requalificação’ e onde exatamente serão empregados esses recursos. A bancada afirma que só tomou conhecimento referente à esse financiamento no início da tarde desta segunda-feira (05), o que dificultou um amplo debate sobre o assunto.

Com isso, a Oposição conseguiu retirar a votação desse empréstimo da pauta dessa quarta-feira e articulou uma sessão extraordinária para esta quinta (08), quando o secretário Alexandre Lopes compareceu à Câmara Municipal para dar as explicações solicitadas pela oposição e os projetos foram aprovados, após o detalhamento feito pelo secretário.

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Frase

"Na privatização da telefonia, o PSDB atuou no limite da irresponsabilidade'. No caso do metrô, o partido resolveu liberar o cartel." Do deputado José Mentor (PT-SP), sobre as investigações de formação de cartel em licitações de metrô e trem do governo de São Paulo.

Lairinho garante apoio à atleta mossoroense

(A) Durante a sessão desta quarta-feira (07) da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Lairinho Rosado (PSB) se mostrou solidário ao pronunciamento do atleta de bicicross "Júnior Banana", que fez uso da tribuna popular para cobrar investimentos na modalidade esportiva. 
Na ocasião, o parlamentar garantiu que o desportista pode contar com o mandato dele e também chamou a atenção do poder público para patrocinar atletas locais. "Pode contar com o apoio do mandato e também das deputadas Sandra e Larissa", afirmou Lairinho. 


Suspensão

Deu na coluna de Bruno Barreto:

"Quando a gente pensa que as coisas estão se encaminhando no Hospital da Mulher as surpresas reaparecem. Todas as cirurgias estão suspensas até segunda ordem. Ainda há quem ache que a Casa de Saúde Dix-sept Rosado não faz falta a Mossoró. Faz e muito. Mais um episódio triste na área da saúde em Mossoró. Junta-se ao caso da mulher morta após atendimento incompleto na UPA do Alto de São Manoel, a menina de dois anos que levou um tiro e mandaram para casa no Hospital Tarcísio Maia, Exame Ergométrico suspenso há seis meses e outros problemas do serviço público de saúde."

Plano de Mobilidade Urbana

Sobre o projeto que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 39 milhões para "requalificação da Av Rio Branco, como parte do Plano Geral de Mobilidade Urbana do Município de Mossoró", vale salientar que busquei no Plano de Mobilidade Urbana e não achei nada detalhado sobre essa tal de "requalificação".

Para ver a Lei de Mobilidade Urbana, clique AQUI.

Para ver o Plano Geral de Mobilidade Urbana, clique AQUI.

II Conferência Municipal da Cultura

A Secretaria de Cultura convida a todos para a 2ª Conferência Municipal da Cultura, que acontecerá dia 08 de agosto de 2013, das 08 às 17h, no Centro de Treinamento Libânia Lopes Pessoa (Seminário Santa Terezinha).

UPA do Belo Horizonte continua fechada

Em dezembro a Prefeitura de Mossoró contratou uma banda para animar uma inauguração de uma importantíssima ferramenta para o atendimento à saúde em Mossoró.


Lançada em fevereiro de 2008, a obra foi usada nas campanhas eleitorais de 2008, 2010 e 2012, quando, finalmente, em dezembro foi realizada a grande festa de inauguração.

Infelizmente, até hoje não existe um único ser humano que tenha sido atendido nesta Unidade de Pronto Atendimento.

Além dos quase cinco anos para concluir a obra, a ex-prefeita, não achando pouco a demora, inaugurou a obra sem condições de funcionamento.

A atual prefeita, que já ocupou algumas secretarias municipais no passado, foi vice-prefeita, líder da bancada governista na Câmara, enfim, participa do Governo do DEM há vários e vários anos, não abriu a UPA para a população.




Infelizmente, a população de Mossoró segue sendo enganado por um governo autoritário, irresponsável e incompetente.

Falta de respeito do Governo DEM com a população.

Muitos R$ milhões e segredos

Há vários meses, a Prefeitura de Mossoró pediu autorização, e a Câmara Municipal autorizou, para contrair um empréstimo de quase R$ 40 milhões de reais.

O dinheiro teria servido para pavimentação asfáltica de 159 ruas da cidade. Digo "teria", por que não foi dado até hoje o direito à Câmara Municipal de saber quais teriam sido essas ruas.

Há denúncias de que ruas que constam como pavimentadas e na verdade não estão.

Eu, Jório Nogueira e Genivan Vale pedimos isso há bastante tempo. A bancada governista derruba os requerimentos pedindo isso. O presidente da Câmara Francisco José Jr já se comprometeu a trazer essa relação e nunca trouxe.

Agora, a Prefeitura de Mossoró volta à Câmara para pedir mais um empréstimo, o que, aliás, tem se tornado comum nos últimos tempos.

Quer R$ 39 milhões para "requalificar a Av. Rio Branco".  (para ver o projeto, clique AQUI)

Vereadores da oposição estão pedindo maiores detalhes sobre isso. O que exatamente significa essa "requalificação"? Onde exatamente será empregado essas dezenas de milhões de reais?

A bancada governista insiste em votar tudo às pressas, sem discussão, sem explicações.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

Prefeitura de Mossoró direciona mais de R$ 4 milhões para propaganda em 2013



(A) Em 2013 a Prefeitura de Mossoró já direcionou mais de R$ 4 milhões para propaganda. A informação é resultado de dados levantados junto ao Jornal Oficial do Município. O remanejamento de recursos para gastos excessivos na área acontece em meio à visíveis deficiências encontradas em setores essenciais, como saúde e educação.

Segundo informações publicadas no próprio JOM, além da quantia de R$ 2.568.417 prevista no orçamento deste ano, já foram realizadas duas aberturas de crédito suplementar, contando com remanejamento e investimentos oriundo de excesso de arrecadação. Uma no valor de R$ 1.539.000, de onde foi retirado de R$ 500 mil da Subsecretaria de Trânsito e Transporte, e outra de R$ 100 mil.

Com isso, só para se ter uma ideia  da amplitude dos gastos excessivos com propaganda, em 2013, a quantia de R$ 4.207.412 foi o valor total direcionado para três atos de remanejamento/abertura de crédito suplementar para ‘Divulgação e Publicidade de Atos Governamentais’. 

Ainda assim, os anos anteriores superaram o atual gasto do Município com propaganda.No ano passado foram gastos R$ 4.908.086,13. Em 2011, foi R$ 8.167.143, 81. E no ano de 2010, o gasto com propaganda foi de R$ 4.883.597,95. Já em 2009, foram gastos R$ 5.182.747,66. Além disso, nestes cinco anos, a Secretaria de Comunicação de Mossoró custou R$ 29.590.753,55.

Para o vereador Lairinho Rosado (PSB), que está à frente do segundo mandato na Câmara Municipal de Mossoró, o poder Executivo local age de uma forma lamentável quanto ao direcionamento de recursos na cidade. “Lamento a insistente prática da prefeitura de alocar recursos de áreas prioritárias para propaganda, onde se gastam milhões em festa em detrimento de investimentos na saúde, por exemplo”, avalia. 

“Enquanto isso, a UPA do bairro Belo Horizonte continua fechada. E a prefeita de Mossoró diz que não tem dinheiro para abrir a unidade de pronto atendimento”, acrescenta o parlamentar.