quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Entidade aponta queda na doação de leite materno no RN; Lairinho é autor de Lei que incentiva prática

(A) A Rede Brasileira de Bancos de Leite divulgou que entre agosto a dezembro o número de doadoras no Rio Grande do Norte caiu quase 50%. Em contrapartida o número de crianças que recebem leite materno aumentou mais de 25% neste período.

Dentro desse quadro, Mossoró já conta com uma lei de autoria do vereador Lairinho Rosado (PSB), que estabelece folga para a servidora municipal doadora de leite materno. O Projeto de Lei 87\09 foi apresentado logo no primeiro ano da atuação legislativa do parlamentar. A Proposição, aprovada e sancionada, cria critérios para que seja dado um dia de folga para a servidora pública municipal doadora de leite materno, como uma forma de incentivo a prática. 


 
"Seguindo critérios médicos, a servidores pública municipal que fizer 20 sessões de doação de leite materno, terá um dia de folga como forma de incentivar esta prática", explicou Lairinho na época da apresentação do então PL. Segundo os dados apresentados nesta sexta pela Sesap, atualmente, o estado conta com 1.893 doadoras para um grande número de receptores - 6.087 bebês. Em 2012, o RN fechou o ano com 2.831 doadoras, ou seja, quase o dobro dos números de 2013. No ano passado, o número de crianças que precisavam receber o leite materno de outra mãe chegou a ser de 6.780.
 
O Rio Grande do Norte conta com seis Bancos de Leite Humano distribuídos entre os municípios de Natal (03), Mossoró (01), Parnamirim (01) e Caicó (01). Sua finalidade é oferecer leite humano com qualidade – considerado o melhor alimento para os bebês – aos recém-nascidos prematuros, bem como àqueles que precisam de algum cuidado médico, de modo a contribuir para sua recuperação. A doação ocorre também caso a mãe seja impossibilitada de amamentar devido a algum problema de saúde.

Nenhum comentário: