domingo, 31 de agosto de 2014

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço

Interessante como algumas pessoas conseguem agir de forma exatamente contrária ao que diz. Vejamos o exemplo do prefeito de Mossoró, que assumiu defendendo mudança na forma de fazer política. Se dizia "o novo".

Disse que iria diminuir os gastos com propaganda e promoção pessoal, mas até o mês de agosto a Secretaria de Comunicação do município torrou R$ 4.850.261,85 no ano de 2014. Também corta anúncio de quem publica ou fala em notícias que desagradam o prefeito.

Disse que a saúde seria prioridade, mas pela primeira vez faltou médicos nas UPAs desde de suas respectivas inaugurações, médicos estão de braços cruzados por que não recebem há 5, 6, até 8 meses.

O prefeito também disse por diversas vezes que iria dar mais transparência, mas orienta sua bancada na Câmara Municipal a derrubar todo e qualquer requerimento que peça explicações. Além disso, mudou o sistema para que cidadãos possam ter acesso aos salários dos servidores municipais e praticamente impede que as pessoas possam ver (vejam AQUI).

Isso são só alguns exemplos da ação diametralmente oposta ao discurso que o prefeito faz. Uma pena.

Nenhum comentário: