segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Prefeita e grupo político oficializam apoio a Sandra Rosado e Henrique Alves

(A) Na reta final da atual campanha, o candidato Henrique Eduardo Alves (PMDB), que lidera as intenções de voto para o Governo do Estado, estará de volta a Areia Branca nesta segunda-feira (29), para participar de sua última movimentação política no município, antes das eleições de 5 de outubro.

Além de Henrique, a deputada federal Sandra Rosado (PSB) estará reforçando o palanque do candidato em nível local, ao lado da prefeita Luana Bruno (PMDB), do seu pai, o ex-prefeito Bruno Filho (PMDB), do presidente municipal do PMDB, Cleodon Bezerra, que é correligionário e amigo de Henrique há anos, entre outras lideranças políticas que apoiam o peemedebista no município.


Uma das parlamentares mais atuantes na Câmara Federal, a deputada Sandra Rosado é bastante conhecida do eleitor areia-branquense, que tem lhe assegurado boas votações em eleições passadas. Na quinta-feira, 25, ela esteve em Areia Branca, quando foi apresentada oficialmente como candidata à reeleição apoiada pela prefeita Luana Bruno, ex-prefeito Bruno Filho e expoentes que seguem a orientação política da gestora.

A reunião realizada pelos amigos de Luana Bruno e Sandra Rosado aconteceu no Clube Estilo (de futebol society) com expressiva participação popular. Na oportunidade,a parlamentar falou da alegria de estar em Areia Branca, uma cidade com a qual ela se identifica muito e admira a maneira carinhosa como cada areia-branquense a recebe. "Me sinto à vontade em Areia Branca, pois vocês conhecem a minha atuação parlamentar e os incontáveis benefícios que destinamos a este município", disse, durante seu discurso.

A deputada e candidata à reeleição agradeceu o apoio dos areia-branquenses ao seu projeto político e, principalmente, o engajamento da prefeita Luana e do seu pai Bruno Filho nessa caminhada rumo às urnas de 5 de outubro, lideranças de peso que vão fortalecer a sua campanha na reta final, em nível local. 

Para deputado estadual, a prefeita Luana e o ex-prefeito Bruno Filho fizeram opção por um nome da terra, o do vereador "João de Beguinho" (Pros), que tenta uma cadeira na Assembleia Legislativa do RN. (Fonte: Jornal O Mossoroense de 28 de setembro de 2014).

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Sandra Rosado e Larissa mostram confiança na reta final da campanha

(A) As deputadas e candidatas à reeleição Sandra e Larissa Rosado, do PSB, recebem a motivação da militância como combustível na reta final da semana. Sandra e Larissa estão em campanha para permanecerem na Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa, respectivamente.

Na reunião com a militância, na noite de segunda-feira (22), as deputadas reafirmaram a confiança na vitória. Em seus discursos, pediram para cada eleitor procurar multiplicar o voto, mostrando a importância para consolidar a vitória de ambas. Larissa comemorou a consolidação da sua candidatura tanto em Mossoró quanto em outros municípios. 


“Estamos olhando para essa vitória, vamos agarrar essa vitória com muita vontade, pois será a vitória do povo do Rio Grande do Norte”, afirmou. Sandra agradeceu o apoio e conclamou empenho total na reta final da campanha, para concretização da vitória, que virá, segundo ela, através do reconhecimento do trabalho. “Acredito na lealdade do povo para continuar nossa ação parlamentar”, disse. (Fonte: Blog do César Santos - DEFATO.COM - Via Fan Page de Sandra Rosado).

terça-feira, 23 de setembro de 2014

PSB convoca eleição da nova Comissão Executiva Nacional do partido

(A) O Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Roberto Amaral, convoca todos os membros do Novo Diretório Nacional do PSB para participar de reunião que irá apreciar e deliberar a eleição da Comissão Executiva Nacional (CEN). A nova comissão terá mandato de três anos a partir de dezembro de 2014.

A inscrição de chapas para concorrer à nova Comissão Executiva Nacional, que é composta por 35 membros, deverá ocorrer junto à Primeira Secretaria Nacional do PSB até 48 horas antes do horário previsto para o início da reunião.

A reunião será realizada no dia 29 de setembro, às 14 horas, na Sala L’orangerie do Hotel Grand Mercure, na Avenida Sena Madureira, número 1355 – Bairro Ibirapuera – São Paulo.
Confira, abaixo o edital de convocação publicado nessa segunda-feira (22) no Diário Oficial da União:
 
DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO 

PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO – PSB

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Presidente Nacional do Partido Socialista Brasileiro – PSB, no uso de suas atribuições, com fundamento no artigo 28, alínea “b”, do Estatuto Partidário, CONVOCA todos os membros do novo DIRETÓRIO NACIONAL do PSB eleito no dia 29 de junho de 2014, a participar da reunião dest órgão colegiado, que ocorrerá a partir das 14:00 horas do dia 29 de setembro de 2014, na Sala L’orangerie, situada no Hotel Grand Mercure, na Avenida Sena Madureira nº 1355 – Bairro Ibirapuera, São Paulo, Capital, para apreciar e deliberar sobre o seguinte temário: a) Eleição da Comissão Executiva Nacional para cumprir mandato de 3 (três) anos, a partir de dezembro de 2014; b) Assuntos Gerais. A inscrição de chapas deverá ocorrer junto à Primeira Secretaria Nacional do PSB até 48 (quarenta e oito) horas antes do horário previsto para o início da reunião convocada por este edital. Nos termos da decisão do Congresso do Partido, a nova Comissão Executiva Nacional deverá ser composta por 35 (trinta e cinco) membros e, havendo disputa, as chapas concorrentes deverão estar inscritas com pelo menos 29 (vinte e nove) membros, entre os integrantes do Diretório Nacional, considerando que seis membros da nova Executiva já estão eleitos pelos respectivos congressos dos órgãos de representação do PSB, previsto no art. 43, do Estatuto Partidário.
Roberto Amaral 

Portal PSB 40

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Artigo: Saúde doente

(A) Todo ano eleitoral é a mesma coisa. O grupo político que está no comando da Prefeitura de Mossoró atrasa repasses do SUS para a Casa de Saúde Dix-sept Rosado e Maternidade Almeida Castro no intuito de dificultar o funcionamento do hospital. Como cerca de 90% da receita da unidade é proveniente do Sistema Único de Saúde, os problemas surgem. E há um único objetivo: tentar, através de uma política pequena e perversa, denegrir a imagem do grupo político adversário.

Pequena e perversa porque os maiores prejudicados são os bebês que ainda não nasceram e suas famílias. Foi assim nas últimas gestões do DEM e está sendo assim hoje na gestão do prefeito tampão Francisco José Júnior. Enquanto isso, nas Unidades Básicas de Saúde falta de tudo um muito. Médicos e medicamentos, para ser objetivo, é o que falta. Como se pode imaginar um posto de saúde sem médico ou medicamento? Do que adianta empurrar milhões para uma empresa terceirizada administrar a UPA do bairro Belo Horizonte, se nas outras UPAs falta até médico? 

Na zona rural a situação é muito pior. Há comunidades que há meses não recebe a visita de um único médico sequer. O grande problema da saúde pública no Brasil está no atendimento básico. Se uma dor de estômago, enxaqueca, torção no tornozelo ou qualquer outro problema de menor gravidade não são tratados no atendimento básico, os serviços de emergência serão procurados, causando lotação e deficiência no atendimento. Voltando à Maternidade Almeida Castro, que realiza uma média de 600 partos por mês, é interessante observar um comparativo. O hospital recebeu em 2014 um total de R$ 3,8 milhões por todos os serviços prestados ao SUS. 

Sabem quanto recebeu no mesmo período a empresa Gondim & Garcia, que faz as festas da prefeitura? R$ 4,6 milhões em 2014. Sabem quanto já foi gasto pela Secretaria de Comunicação do Município? R$ 4,85 milhões. Qual a prioridade? Os médicos oncologistas, obstetras, anestesiologistas estão todos sem atender pelo SUS por atrasos do pagamento por parte da Prefeitura de Mossoró, que chegam a 10 meses sem receber seus salários. Os recursos são enviados pelo Governo Federal rigorosamente em dia, mas, sabe-se lá por que, o município não repassa aos médicos. 

Como já foi dito anteriormente, pela primeira vez na história desde que foi inaugurada a primeira Unidade de Pronto Atendimento em Mossoró faltou médicos para atender a população. Enquanto isso, o prefeito postava nas redes sociais que por aqui o que faltavam eram pacientes e os médicos estavam fazendo fila para esperar pela população. Enquanto a saúde não for tratada como prioridade e enquanto a politicagem barata, típica dos déspotas, for misturada com gestão pública, veremos barbaridades como essas assolarem nossas cidades. 

Não se pode levar a sério uma gestão onde principalmente segurança, saúde, educação não são prioridades. O reflexo disso está no péssimo serviço prestado à população. Por isso, 76% da população considera ruim e péssimo a gestão com relação à segurança pública, 66% considera ruim e péssimo a gestão da saúde e 61% desaprovam a gestão da educação. Essa semana um jornalista foi processado pelo prefeito por ter feito uma matéria sobre a atitude da gestão, que resolveu colocar um timbre da PMM nos caixões doados às pessoas de baixa renda. 

Também processou um cidadão, segundo noticiou a imprensa, por fazer críticas e reclamações via redes sociais. O caminho não é sair processando Deus e o mundo para intimidar; não é perseguir veículos de imprensa que não elogiam; não é fechar hospitais. Mossoró viu isso, e reprovou, não muito tempo atrás. Um grande erro dos maus gestores é cercar-se de pessoas que só dizem o que agrada aos ouvidos do patrão, deixando de mostrar os problemas enfrentados pelas pessoas. Humildade, pé no chão e disposição de mudar o que está errado é o caminho daqueles comprometidos com a democracia e gestão participativa. (Artigo do vereador Lairinho Rosado no jornal O Mossoroense de 21 de setembro de 2014).

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Lairinho sugere curso contínuo de defesa pessoal para Guarda Municipal



(A) Uma proposta apresentada nesta semana em sessão da Câmara Municipal de Mossoró sugeriu curso de aperfeiçoamento contínuo de defesa pessoal aos servidores da Guarda Civil. A medida de iniciativa do vereador Lairinho Rosado (PSB) visa proporcionar condições e treinamento constante para a categoria que lida diariamente com a segurança pública. 


Outra proposta apresentada pelo parlamentar propõe a criação de um Centro Multidisciplinar de Atendimento Especializado às Crianças e Adolescentes da Rede Municipal de Ensino. A medida trata de atendimento educacional especializado com psicólogos, psiquiatras, neuropediatras, assistentes sociais, pedagogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, dentre outros. 

Ambas as propostas devem ser encaminhadas aos setores competentes do Poder Executivo local.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Por que voto em Henrique para Governador?

Não há um político que após algum tempo não acumule desgaste, mas não é simpatia ou "invenção de roda" que estamos precisando nesse momento.

O Rio Grande do Norte vive a maior crise institucional, política e econômica das últimas décadas. Na verdade, não tenho notícia de outro momento ruim como este. Para colocar novamente o estado nos trilhos, é preciso alguém que tenha experiência, capacidade de liderança e articulação.

Henrique conseguiu ser líder da maior bancada do Congresso Nacional por mais de dez vezes, foi eleito presidente da Câmara dos Deputados. Nesta eleição, construii uma aliança plural, heterogênea. Os que não fazem parte dessa aliança, chamam-na de acordão, apesar de terem tentado fazer parte. Pra mim, isso mostra capacidade impressionante de unir, aceitar e conciliar diferenças.

É isso que o nosso Estado está precisando: união. De alguém que possa dialogar com diferentes grupos, com diferentes poderes, de construir acordos para solução dos problemas. 

Além disso, precisamos de uma pessoa influente para conseguir recursos no Brasil, e por que não em bancos internacionais, para recolocar o nosso RN no rumo certo.

São por estas razões que defendo o voto em Henrique Alves para governador do RN. 

terça-feira, 16 de setembro de 2014

De iniciativa de Lairinho, Lei do Dia de Combate à Homofobia em Mossoró ainda aguarda regulamentação

(A) Passado mais de um ano da publicação oficial da proposta que estabelece o Dia Municipal de Combate à Homofobia, a iniciativa ainda depende de regulamentação da Prefeitura Municipal de Mossoró. A medida proposta pelo vereador Lairinho Rosado (PSB) estabelece a data de 17 de maio em alusão ao dia. 

Para o autor da Lei N° 3055, a regulamentação da proposta se faz urgente diante dos recorrentes casos de violência registrados pelo país que seriam motivados por questões homofóbicas. “É imprescindível que o poder público municipal adote as medidas definidas pela proposta e também as amplie.”


O posicionamento do parlamentar se dá em meio aos 25 anos decorridos após a criminalização do racismo e dez anos depois da Lei Maria da Penha, que torna crime a violência doméstica. Diante desse quadro, Lairinho adere à luta para criminalizar a homofobia. E na defesa em prol dessa medida, ele cobra a regulamentação do Dia Municipal de Combate à Homofobia.

O projeto foi transformado em Lei em 19 de agosto de 2013. A medida estabelece o dia 17 de maio como o Dia Municipal de Combate a Homofobia e a Discriminação Sexual. “Nessa data, a Prefeitura Municipal de Mossoró poderá promover atividades que visem à conscientização acerca dos temas relacionados ao combate à Homofobia e a Discriminação Sexual no Brasil e no mundo, bem como campanhas nas escolas da Municipal de Ensino”, define trecho da Lei que entrou em vigor na data da publicação e seria regulamentada no prazo de 30 dias.    

“O debate é necessário e, independente de qualquer opinião sobre o tema, precisamos tentar impedir atos de violência e discriminação”, avalia Lairinho, acrescentando que a medida “É uma forma de colocar Mossoró no eixo desse debate e garantir que nossa cidade tenha uma verdadeira política de conscientização sobre o tema.”

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Nota de Pesar - Iberê Ferreira de Souza

Nota de Pesar

Mossoró, domingo, 14 de setembro de 2014.

É com profundo pesar que o Diretório do PSB de Mossoró lamenta o falecimento do ex-governador do Rio Grande do Norte, Iberê Ferreira de Souza, ocorrido na noite desse sábado (13), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde estava internado por conta de um câncer.

Iberê parte, mas, deixa a marca de um homem público íntegro, com mais de 40 anos dedicados à política, incluindo a atuação como secretário no primeiro governo da atual candidata ao Senado e presidente estadual do PSB, Wilma de Faria, com quem foi eleito vice-governador em 2006.

Apaixonado pela vida e pelas questões sociais; e acima de tudo, um homem completamente dedicado à família, Iberê assumiu o governo em 2010, quando a então governadora Wilma de Faria deixou o cargo para disputar uma vaga no Senado. Ele ficou na chefia do Executivo até o fim de 2010. Desde então, Iberê estava afastado da política.

Nesse momento de dor, solidarizamos-nos com os familiares e amigos do ex-governador, com sentimento de tristeza pela perda e pedidos para que Deus o acolha na paz eterna.

Lahyre Rosado

Presidente PSB Mossoró

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Lairinho defende instalação de pontos de coleta de recicláveis e reforma no Cemitério Novo

(A) Propor a instalação de pontos de coleta para matérias recicláveis em Mossoró e obras de melhorias na estrutura física do denominado Cemitério Novo da cidade. Essas são as finalidades de duas proposições apresentadas nesta semana em sessão da Câmara Municipal de Mossoró.

A proposta que trata da instalação de pontos de coleta de recicláveis estabelece que  a medida contribui significativamente para o meio ambiente. “Não resta mais dúvidas quanto aos benefícios alcançados com o processo de reciclagem do lixo”, destaca trecho da Indicação, que contempla os catadores de lixo com uma melhor condição de trabalho.


A medida também beneficia a própria população em geral que acaba tendo maior facilidade no descarte desse tipo de material. A outra proposta também apresentada pelo vereador Lairinho Rosado (PSB) que trata de obras de melhorias na estrutura física do denominado Cemitério Novo de Mossoró chama a atenção para a atual situação do local.

“O referido Cemitério Público Municipal, desde a sua inauguração não passou sequer por uma reforma, e hoje é totalmente esquecido pelo poder Executivo”, destaca trecho da proposta, apontando que o local onde se realizaria velório “se encontra com parte da estrutura totalmente comprometida, inclusive, com sérios riscos de desabamento.”

Ainda segundo a proposição, determinadas áreas do local estariam servindo apenas como depósito de lixo e no período da noite a área também estaria sendo utilizada para o consumo de drogas.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Propostas sugerem instalação de Wifi e de monitoramento eletrônico em escolas

(A) Instalar sistemas de monitoramento eletrônico e de acesso gratuito à internet sem fio em escolas públicas municipais. Esse é o foco de duas propostas apresentadas nesta terça-feira (09) em sessão da Câmara Municipal de Mossoró. A medida de implantação de Wifi também beneficia bibliotecas e o Centro da cidade.

Com o fim de inibir os atos de vandalismo, brigas e furtos nas dependências internas e externas das escolas, a proposição que trata da instalação de sistema de monitoramento eletrônico nas escolas municipais estabelece que a medida será realizada através de câmeras de segurança. 


“Esse monitoramento também servirá de segurança tanto aos professores em relação à possíveis agressões físicas e morais vindos dos alunos, quanto aos pais de alunos que reclamam de atitudes ofensivas que os filhos sofrem por parte de alguns colegas de classe”, destaca trecho da proposta.

A medida ressalta que o acompanhamento via câmeras irá servir de instrumento de prevenção e conseqüentemente irá flagrar a presença de pessoas estranhas e atos não comuns no ambiente escolar. A outra proposta também direcionada para as escolas públicas municipais trata da instalação do sistema de acesso gratuito à internet sem fio (Wifi), com a implantação da rede de fibra ótica.

“A internet é um instrumento necessário para pesquisa e aperfeiçoamento do aluno, e servirá como um espaço a mais de comunicação entre os cidadãos”, aponta trecho da proposição que também beneficia bibliotecas e o Centro da cidade.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Artigo: O governo do engodo

(A) Apesar de ocupar mandato eletivo desde o ano 2000, o atual prefeito de Mossoró se apresentou como “o novo” na eleição suplementar deste ano. Mesmo falando muito em economia, logo após a eleição suplementar enviou reforma administrativa para a Câmara aumentando o número de cargos comissionados. As despesas com mão de obra terceirizada também nunca estiveram tão altas. 

Apesar de não parar de dizer ser “um político diferente”, o relacionamento com a Câmara Municipal é dos mais antiquados. Loteou cargos comissionados, dando cota de cargos para cada vereador que o apoiasse. Dependendo da influência do vereador, a quantidade vai do “piso” ao “o céu é o limite”. Trata com mão de ferro aqueles que não seguem sua orientação.

A base governista já sepultou duas tentativas de criação da CPI que tinham como objetivo averiguar acusações do próprio prefeito, além de derrubar requerimentos que tratem de transparência. Para piorar, desautoriza, desmente e humilha a bancada quando erra na dose na tentativa de defender o governo. Basta ver o caso envolvendo a Uern e a “compra de vereadores”, acusação feita pela candidata do prefeito ao Senado.

Criou a Secretaria da Transparência, mas orienta a bancada na Câmara a derrubar tudo que peça informação ao Executivo; recebeu a auditoria da Uern sobre a folha de pagamento em junho, mas só essa semana, após pedido do Ministério Público, entregou cópia; impediu que vereadores acompanhassem a tal auditoria e também se recusou a entregar cópia ao Legislativo; determinou a mudança no site de Lei de Acesso à Informação, dificultando o acesso da população às informações sobre salário dos servidores. 

Agora quem quiser saber quanto ganha um funcionário público municipal precisa informar o próprio nome, CPF, e-mail, endereço, cidade e Estado, dados que podem ser repassados a quem tiver o nome consultado no site. Também não é mais possível ver a relação dos funcionários por órgão da administração, dificultando o conhecimento de quem está lotado em determinado local de trabalho.

O prefeito também disse em recente reunião política, gravada por participantes e nas redes sociais que Mossoró iria entrar para a história como a cidade onde sobravam médicos e faltavam pacientes. Aqui, disse o prefeito, os médicos é que formam fila esperando os doentes. Disse que a prioridade é a saúde, mas, por exemplo, a Maternidade Almeida Castro, que faz em média 600 partos por mês, recebeu R$ 3.843.586,26 da PMM em 2014, enquanto isso a empresa Gondim & Garcia, que realiza as festas da Prefeitura, recebeu R$ 4.602.955,02 no mesmo período. R$ 760 mil a mais para festas do que para as gestantes. Parece um show de humor. Seria, se não fosse trágico. 

Os médicos do Hospital do Câncer estão de braços cruzados por que não recebem seus pagamentos do SUS, dinheiro repassado pelo Governo Federal aos municípios para que estes paguem pelos serviços médicos, há sete meses. Quem também está de braços cruzados são os obstetras, não recebem há cinco meses, e os anestesiologistas. Vê-se logo que saúde não é prioridade, pois pela primeira vez desde a criação, faltaram médicos nas UPAs. 

O prefeito também prometeu economizar na propaganda. Vamos aos dados: em 2013 a média mensal de gastos com propaganda ficou em R$ 494 mil por mês, este ano a média está em R$ 606 mil/mês. A velha prática de cortar verba publicitária para o veículo que faz crítica e não elogia por elogiar a gestão também persiste na gestão do “novo”. Quando assumiu interinamente a Prefeitura, Francisco José disse que ia devolver carros alugados para economizar. Vamos mais uma vez aos números: em 2013 o gasto mensal com aluguel de carros ficou em R$ 357 mil por mês, em 2014 esse valor está em R$ 541 mil/mês. 

O discurso de que melhoraria a segurança do mossoroense já foi por água abaixo. Nunca vivemos um momento de tanta violência em nossa cidade. A avaliação popular despenca na medida em que o tempo passa. Aos poucos a população vai percebendo que pode ter comprado gato por lebre. O discurso fácil cai ajoelhado diante da realidade do dia a dia, das necessidades do cidadão que não encontra nos serviços públicos aquilo que foi prometido nos discursos, puro engodo eleitoral. (Artigo do vereador Lairinho Rosado no jornal O Mossoroense de 07 de setembro de 2014).

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Lairinho cobra informações sobre o Mais Médico em Mossoró e realização de concurso na Saúde

(A) Com o fim de buscar informações sobre o andamento do programa Mais Médicos em Mossoró e acerca da realização de concurso público para a área da Saúde na cidade, o vereador Lairinho Rosado (PSB) apresentou dois Requerimentos em recente sessão da Câmara Municipal.

As proposições foram aprovadas pelo legislativo mossoroense. A proposta que trata do Mais Médicos pede, para fins de esclarecimento, informações como, quantos profissionais foram solicitados pela Administração Municipal, quantos estão prestando atendimento e onde estão lotados; além de se há previsão para a chegada de mais profissionais.


O outro Requerimento também na Saúde solicita informações se há previsão de concurso público para a área. “Sabemos que o nosso país enfrenta sérios problemas de infraestruturano âmbito da saúde, o que acarreta na falta de profissionais, principalmente em locais de difícil acesso”, destaca trecho da proposta, ressaltando ainda que muitos profissionais cobram mais concursos públicos nessa área.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Lairinho sugere uso de terrenos públicos municipais para escolas de educação infantil

(A) Levantar informações sobre a quantidade de terrenos públicos municipais em Mossoró. Essa é a finalidade de uma proposta apresentada pelo vereador Lairinho Rosado (PSB) em recente sessão da Câmara Municipal de Mossoró.

Aprovado na sessão do legislativo mossoroense, o Requerimento 794/2014 solicita que o Poder Executivo Municipal encaminhe à CMM informações acerca da quantidade de terrenos públicos municipais existentes na cidade, como a localização do espaço e a respectiva metragem. 


“A cidade precisa de espaços de áreas livres, e carece também de espaços para a construção de Unidades Escolares para a Educação infantil”, destaca trecho da proposta. A luta em prol da construção de unidades de ensino para crianças faz parte do mandato de Lairinho.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Nota de Pesar - Falecimento da professora Natália Bezerra




Mossoró, terça-feira, 2 de setembro de 2014.

É com profundo pesar que o Diretório do PSB de Mossoró comunica o falecimento da professora Natália Bezerra, ocorrido por volta das 4h desta terça-feira, no Hospital Wilson Rosado, em razão de parada cardíaca decorrente de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

O velório ocorre em sua residência, na Rua Almirante Barroso, 105, bairro Alto da Conceição, e o sepultamento será às 17h, no Cemitério São Sebastião. Natália parte, mas deixa entre nós a marca do sorriso constante e da disposição incansável de encarar desafios em favor do progresso de Mossoró. Nós, que fazemos o Diretório do PSB em Mossoró, perdemos não só uma militante, mas uma amiga e companheira de todas as horas.

Nesse momento de dor, solidarizamos-nos aos familiares e amigos, com sentimento tristeza pela perda e gratidão pela fidelidade e abnegação de Natália Bezerra, para que Deus acolha nossa amiga na paz eterna.

Lahyre Rosado

Presidente PSB Mossoró