terça-feira, 15 de setembro de 2015

Servidores cobram cumprimento de compromisso do prefeito


Servidores da Saúde de Mossoró estiveram na manhã desta quarta-feira, 15, na Câmara Municipal de Mossoró e pediram colaboração dos vereadores para o cumprimento do compromisso do prefeito com a categoria.

Os servidores passaram mais de 80 dias em greve e retornaram às atividades com o compromisso do atendimento às reivindicações, garantindo a insalubridade sobre o salário base, a aprovação da Lei para pagamento do PMAQ, o reajuste de 6,41% (parcelado), as comissões para reformulação dos PCCRs e a instalação de uma mesa de discussão formada por Ministério Público, sindicato, PMM,OAB. Dos oito pontos, apenas dois foram atendimentos pelo Executivo, segundo a Direção do SindiSerpum, excluindo o repasse do PMAQ, que tem como objetivo ampliar o acesso à atenção básica com garantia de um padrão de qualidade.

Criado em 2011, segundo Marleide Cunha, presidente do Sindiserpum, o repasse feito por parte do Governo Federal à Prefeitura, mas, não chega aos servidores desde janeiro de 2014, quando o atual gestor assumiu a municipalidade.

Com essa afirmativa, o líder da Oposição, vereador Lairinho Rosado (PSB) indagou para onde estão indo esses recursos que, não estão chegando ao seu fim. “Se o Governo Federal já fez o repasse para a Prefeitura, não entendemos o porquê do prefeito está querendo parcelar em quatro meses esse montante. Para onde foi esse dinheiro”?  Todos os servidores presentes aplaudiram a interferência do vereador e o acompanharam na dúvida, reforçando que o PMAQ é um dos pontos mais importantes da pauta de reivindicações.


Ao final da discussão, o líder do Governo na Câmara, vereador Soldado Jadson (SD) se comprometeu em levar a reivindicação ao prefeito. Estiveram presentes à reunião os vereadores Lairinho Rosado, Genivan Vale, Nacízio Silva, Alex Moacir, Soldado Jadson, Manoel Bezerra, Genilson Alves, Lucélio Guilherme, Cícera Nogueira, Izabel Montenegro e Claudionor dos Santos.

Nenhum comentário: