terça-feira, 1 de setembro de 2015

Taxistas intermunicipais pedem ajuda de vereadores mossoroenses

As galerias da Câmara Municipal de Mossoró ficaram lotadas na manhã desta terça-feira, 01, por taxistas intermunicipais, parlamentares e lideranças dos municípios vizinhos, afetados por decisão da Prefeitura de Mossoró de proibir que os taxistas intermunicipais circulem pelo centro da cidade buscando passageiros. 

Uma comissão, formada pelos vereadores Lahyre Neto (PSB), Tomaz Neto (PDT), Vingt-un Neto (PSB), Genivan Vale(PROS), Francisco Carlos (PV), Claudionor dos Santos (PMDB) e Nacízio Silva (PTN) recebeu a comissão de taxistas e representantes públicos e tiveram acesso a abaixo-assinado com cerca de 550 assinaturas de empresários mossoroenses pedindo o retorno do serviço de embarque de passageiros de outras cidades, especialmente no centro de Mossoró.

Para Lairinho Rosado, a medida, tomada sem planejamento pelo gestor municipal, afeta, sobretudo, pais de famílias que tiram seu sustento dessa atividade e, recai sobre o comércio mossoroense que já assiste ao esvaziamento das lojas e a queda no faturamento. “É necessário que o poder público reveja o modo como essa decisão vem sendo conduzida, pois está causando prejuízos a todos”.  

Presente a reunião, o vereador da cidade de Governador Dix-sept Rosado, Evandro Carlos (Vandinho), relatou a disponibilidade de negociar com a Prefeitura de Mossoró destacando através de sugestões viáveis para todos os municípios envolvidos.

Proposta

Uma das sugestões, que foi acatada pelos vereadores presentes, é que, de cada um dos quatro pontos delimitados pelo plano de mobilidade urbana, saiam 2 carros para recolher os passageiros dentro da cidade. Isso resultaria em apenas 8 táxis transitando no centro de Mossoró.


A Comissão de vereadores se comprometeu em levar ao Executivo a mensagem dos taxistas e intermediar o diálogo.

Nenhum comentário: