quarta-feira, 18 de maio de 2016

Lairinho Rosado defende planejamento para realização do Mossoró Cidade Junina

O Mossoró Cidade Junina voltou a ser tema de debate na Câmara Municipal de Mossoró. Em sessão ordinária realizada nesta quarta-feira (18), o vereador Lahyre Neto questionou a forma como a sua realização tem sido conduzida. Para o vereador, o Mossoró Cidade Junina tem sido realizado sem planejamento e de forma irresponsável.
“Não há planejamento e não havendo planejamento gasta-se muito mais. É preciso gerir um evento dessa grandeza de forma responsável, com a realização de pesquisa de preços, organização e licitação, principalmente. Já que comparam tanto o evento mossoroense com o de Caruaru e Campina Grande, porque não se faz planejamento da mesma forma como nestas cidades”, questionou.
De acordo com Lahyre Neto, R$ 2,5 milhões (dois milhões e quinhentos mil reais) estão sendo destinados à festa sem a realização de licitação. “Posso afirmar que o maior evento da cidade está sendo conduzido de forma irresponsável. Um recurso superior a dois milhões está sendo destinado sem licitação”, disse Lahyre Neto.
Questionado pelo vereador Manoel Bezerra sobre o remanejamento de recursos entre secretarias, o edil rebateu dizendo que “o Prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, tem a autorização para remanejar R$ 200 milhões no orçamento do município sem a necessidade de autorização do Poder Legislativo”. A autorização de que se refere ao vereador Lahyre Rosado Neto, diz respeito a autorização do remanejamento pela Câmara Municipal de Mossoró.
Fonte: Assessoria CMM

Nenhum comentário: